Estância: um celeiro de craques da educação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os quatro alunos  dos cursos ofertados pelo Sistema Indústria que conquistaram ouro na maior competição do segmento: a Olimpíada do Conhecimento
Os quatro alunos dos cursos ofertados pelo Sistema Indústria que conquistaram ouro na maior competição do segmento: a Olimpíada do Conhecimento

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/08/2018 às 07:24:00

 

Dom Pedro II, então Imperador do Brasil, visitou a cidade de Estância em 1860 e, de acordo com o conhecimento popular, alcunhou a cidade como o "Jardim de Sergipe". O município, localizado há 66 km de distância da capital sergipana, também é reconhecida pelos festejos juninos e barcos de fogos que fazem parte da rica cultura local. Mas graças ao trabalho realizado pelo SESI e o SENAI, mais uma característica será acrescentada aos moradores da localidade: o de campeões nacionais nas modalidades de Tecnologia em competições entre alunos de escolas técnicas.
De 2014 até 2018, foram quatro alunos que conquistaram ouro na maior competição do segmento: a Olimpíada do Conhecimento. Iasmin Karoline, Sérgio Alves, João Gabriel e Gabriel Vieira. Os três primeiros venceram na ocupação Tecnologia da Informação - Solução de Software para Negócios e, o último, foi campeão na modalidade inédita de Jogos Digitais 3D. Entre eles, algo em comum, a qualidade de ensino que todos aos alunos do SESI e do SENAI têm, desde o ensino fundamental até o médio, preparando para o mercado de trabalho. Corpo docente e administrativo trabalham em conjunto para obterem sempre os melhores resultados.
Por causa disso, Sergipe já é referência nacional na educação profissional. Resultados como desses quatro alunos, além das três vezes (2014, 2015 e 2017) em que ficou no primeiro lugar do país no Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (SAEP) só corroboram a excelência dos cursos ofertados pelo Sistema Indústria. Não há boa colheita que não seja conquistada por meio de um árduo trabalho e aqui não é diferente. Investimento em tecnologia para as aulas, no aprimoramento pedagógico dos instrutores e na evolução de todo aparato que serve ao aluno são as bases deste sucesso.

Dom Pedro II, então Imperador do Brasil, visitou a cidade de Estância em 1860 e, de acordo com o conhecimento popular, alcunhou a cidade como o "Jardim de Sergipe". O município, localizado há 66 km de distância da capital sergipana, também é reconhecida pelos festejos juninos e barcos de fogos que fazem parte da rica cultura local. Mas graças ao trabalho realizado pelo SESI e o SENAI, mais uma característica será acrescentada aos moradores da localidade: o de campeões nacionais nas modalidades de Tecnologia em competições entre alunos de escolas técnicas.
De 2014 até 2018, foram quatro alunos que conquistaram ouro na maior competição do segmento: a Olimpíada do Conhecimento. Iasmin Karoline, Sérgio Alves, João Gabriel e Gabriel Vieira. Os três primeiros venceram na ocupação Tecnologia da Informação - Solução de Software para Negócios e, o último, foi campeão na modalidade inédita de Jogos Digitais 3D. Entre eles, algo em comum, a qualidade de ensino que todos aos alunos do SESI e do SENAI têm, desde o ensino fundamental até o médio, preparando para o mercado de trabalho. Corpo docente e administrativo trabalham em conjunto para obterem sempre os melhores resultados.
Por causa disso, Sergipe já é referência nacional na educação profissional. Resultados como desses quatro alunos, além das três vezes (2014, 2015 e 2017) em que ficou no primeiro lugar do país no Sistema de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (SAEP) só corroboram a excelência dos cursos ofertados pelo Sistema Indústria. Não há boa colheita que não seja conquistada por meio de um árduo trabalho e aqui não é diferente. Investimento em tecnologia para as aulas, no aprimoramento pedagógico dos instrutores e na evolução de todo aparato que serve ao aluno são as bases deste sucesso.