Vereadores de Moita preocupados com escassez de água

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 29/08/2018 às 07:24:00

 

A problemática da escassez e utilização dos reservatórios de água vem chamando a atenção de autoridades públicas de todo o Sergipe. Atentos a situação, vereadores de Moita Bonita também levantaram a situação em que se encontra a comunidade e na sessão do último dia 23 de agosto, foi apresentado à Casa o Projeto de Lei (PL) nº 013/2018, que aborda "as regras de utilização de água dos reservatórios do município".
A autoria do projeto parte do vereador Elias Santos (PROS), que reforçou a importância de se ter o controle sobre o consumo de água no município, chamando a atenção da população. Para ele, é necessário que se faça algo urgente, antes que Moita Bonita enfrente graves problemas no futuro. O PL, que foi apresentado durante a sessão, foi encaminhado pelo presidente Jair Carvalho (PROS) a Comissão de Justiça para ser avaliada e seguir para ser votada na plenária.
O líder da Oposição, Jorgenaldo Barbosa (SD), o "Bolo", questionou a posição do colega e foi contra ao controle do uso dos mananciais no município. De acordo com o vereador, isso poderá prejudicar centenas de famílias que vivem do campo e enfrentam grandes problemas com a distribuição de água, principalmente no período de estiagem. 

A problemática da escassez e utilização dos reservatórios de água vem chamando a atenção de autoridades públicas de todo o Sergipe. Atentos a situação, vereadores de Moita Bonita também levantaram a situação em que se encontra a comunidade e na sessão do último dia 23 de agosto, foi apresentado à Casa o Projeto de Lei (PL) nº 013/2018, que aborda "as regras de utilização de água dos reservatórios do município".
A autoria do projeto parte do vereador Elias Santos (PROS), que reforçou a importância de se ter o controle sobre o consumo de água no município, chamando a atenção da população. Para ele, é necessário que se faça algo urgente, antes que Moita Bonita enfrente graves problemas no futuro. O PL, que foi apresentado durante a sessão, foi encaminhado pelo presidente Jair Carvalho (PROS) a Comissão de Justiça para ser avaliada e seguir para ser votada na plenária.
O líder da Oposição, Jorgenaldo Barbosa (SD), o "Bolo", questionou a posição do colega e foi contra ao controle do uso dos mananciais no município. De acordo com o vereador, isso poderá prejudicar centenas de famílias que vivem do campo e enfrentam grandes problemas com a distribuição de água, principalmente no período de estiagem.