Edvaldo renova frota da SMTT com entrega de 15 novas motocicletas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
As novas motocicletas da SMTT
As novas motocicletas da SMTT

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/08/2018 às 23:14:00

 

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou 15 novas motocicletas aos agentes de trânsito municipais, nesta quarta-feira. Com um investimento de R$ 178 mil por ano, os novos veículos, com motores mais potentes, garantirão maior agilidade no atendimento de ocorrências e em atividades rotineiras dos profissionais. Esta renovação na frota acontece oito anos após a última mudança, que se deu em 2010, durante a gestão anterior do prefeito Edvaldo Nogueira, quando foram adquiridas 30 motos, que estão em uso até hoje.
"Estou muito feliz em poder realizar este investimento, pois sei da importância destas motocicletas mais potentes e mais seguras para o trabalho do agente e para o atendimento ao cidadão. Esta ação integra um projeto grandioso, o nosso Plano de Mobilidade Urbana, através do qual investiremos R$ 130 milhões na construção de quatro corredores de transporte, recuperação dos terminais, construção de 150 novos abrigos e instalação de 150 semáforos inteligentes. Assim damos passos cada vez mais consistentes e significativos para tornar Aracaju uma cidade humana, inteligente e criativa", afirmou o prefeito durante a solenidade na sede da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).
O superintendente interino de Transporte e Trânsito de Aracaju, Renato Telles, explica que as novas motocicletas possuem equipamento de segurança e dispositivos luminosos e sonoros, que dão mais agilidade ao atendimento das chamadas da população, além de assegurar condições melhores de trabalho para os agentes. "As motos permitirão que os agentes cheguem mais rápido às ocorrências, dará mais qualidade à fiscalização. Além disso, o agente ganha um veículo mais seguro, pois as motos são equipadas com intermitentes e sirenes", pontuou.
Da mesma forma, o supervisor Cleidivan Santos destacou que as novas motocicletas são adequadas ao que está previsto na legislação de trânsito. "São motos adequadas ao serviço que prestamos, com dispositivos sonoros e luminosos. Vai facilitar o deslocamento e o serviço prestado à comunidade em eventos noturnos, por exemplo. Estes dispositivos chamam a atenção do condutor, o que deixa o agente e o cidadão mais protegidos", afirmou.
As 15 novas motos, entregues aos agentes, são da marca Honda Bros, de 160 Cilindradas. O contrato prevê renovação da frota a cada dois anos. 

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou 15 novas motocicletas aos agentes de trânsito municipais, nesta quarta-feira. Com um investimento de R$ 178 mil por ano, os novos veículos, com motores mais potentes, garantirão maior agilidade no atendimento de ocorrências e em atividades rotineiras dos profissionais. Esta renovação na frota acontece oito anos após a última mudança, que se deu em 2010, durante a gestão anterior do prefeito Edvaldo Nogueira, quando foram adquiridas 30 motos, que estão em uso até hoje.
"Estou muito feliz em poder realizar este investimento, pois sei da importância destas motocicletas mais potentes e mais seguras para o trabalho do agente e para o atendimento ao cidadão. Esta ação integra um projeto grandioso, o nosso Plano de Mobilidade Urbana, através do qual investiremos R$ 130 milhões na construção de quatro corredores de transporte, recuperação dos terminais, construção de 150 novos abrigos e instalação de 150 semáforos inteligentes. Assim damos passos cada vez mais consistentes e significativos para tornar Aracaju uma cidade humana, inteligente e criativa", afirmou o prefeito durante a solenidade na sede da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).
O superintendente interino de Transporte e Trânsito de Aracaju, Renato Telles, explica que as novas motocicletas possuem equipamento de segurança e dispositivos luminosos e sonoros, que dão mais agilidade ao atendimento das chamadas da população, além de assegurar condições melhores de trabalho para os agentes. "As motos permitirão que os agentes cheguem mais rápido às ocorrências, dará mais qualidade à fiscalização. Além disso, o agente ganha um veículo mais seguro, pois as motos são equipadas com intermitentes e sirenes", pontuou.
Da mesma forma, o supervisor Cleidivan Santos destacou que as novas motocicletas são adequadas ao que está previsto na legislação de trânsito. "São motos adequadas ao serviço que prestamos, com dispositivos sonoros e luminosos. Vai facilitar o deslocamento e o serviço prestado à comunidade em eventos noturnos, por exemplo. Estes dispositivos chamam a atenção do condutor, o que deixa o agente e o cidadão mais protegidos", afirmou.
As 15 novas motos, entregues aos agentes, são da marca Honda Bros, de 160 Cilindradas. O contrato prevê renovação da frota a cada dois anos.