Aracaju intensifica ações na última semana de campanha da vacina

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
CAMPANHA ESTÁ PREVISTA PARA TERMINAR NESTA SEXTA-FEIRA, MAS MUNICÍPIOS QUE NÃO ATINGIRAM META DEVERÃO REALIZAR NOVO \'DIA D\' NO SÁBADO, INCLUSIVE ARACAJU
CAMPANHA ESTÁ PREVISTA PARA TERMINAR NESTA SEXTA-FEIRA, MAS MUNICÍPIOS QUE NÃO ATINGIRAM META DEVERÃO REALIZAR NOVO \'DIA D\' NO SÁBADO, INCLUSIVE ARACAJU

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/08/2018 às 23:23:00

 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está intensificando as ações durante a última semana da Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que tem como meta atingir 95% de cobertura das crianças na faixa etária de um a menores de cinco anos. Do total de 33.059 crianças, até o momento o município imunizou 72,85% das crianças contra a pólio e 71,18% contra o sarampo.
De acordo com a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde, Taise Cavalcante, várias ações de intensificação da SMS já estão sendo praticadas desde a segunda semana da Campanha, como a abertura de Unidades Básicas de Saúde (UBS) em horário estendido até às 20 horas. Nesta quinta-feira, 30, e sexta-feira, 31, será a vez das unidades Edézio Vieira de Melo (bairro Siqueira Campos) e Fernando Sampaio (Conjunto Castelo Branco) abrirem as portas durante à noite.
 "E com o advento do bloqueio vacinal ocasionado pela notificação do último caso suspeito de sarampo na Capital, abrimos a UBS Augusto Franco na última terça-feira, 28, e nesta quarta-feira, 29, que imunizou não só quem teve contato com a pessoa possivelmente infectada, como também as crianças que estão dentro da faixa etária", esclareceu.
Outra ação que está sendo avaliada pela gestão municipal é a abertura de mais unidades no próximo sábado, 1º de setembro. "Oficialmente a campanha encerra na próxima sexta, dia 31 de agosto, mas como é um final de semana, o sistema fica aberto queremos aproveitar para dar mais essa chance a quem ainda não levou as crianças para as salas de vacina", revelou.
Segundo Taise, outra ação muito importante que vem sendo realizada é fruto de uma parceria com a Secretaria de Educação (Semed). "Nossas equipes de Saúde da Família estão junto com o Programa Saúde na Escola (PSE) vacinando nas escolas infantis com a adesão de um público muito grande de crianças", completou.
Em Aracaju, foram aplicadas 24.084 doses da vacina contra a poliomielite e 23.533 doses contra o sarampo. Ainda faltam vacinar mais de oito mil crianças para atingir 95% da meta, que é de 31.407 crianças. Para a enfermeira Tânia Nunes, referência técnica do Programa Municipal de Imunização, vários fatores podem ter influenciado para não atingir a meta.
 "Têm pessoas que não têm tempo, trabalham o dia todo e sentem dificuldade de levar os filhos às unidades básicas. Como também há falta de conhecimento da importância da vacina, e ainda a pressa das pessoas em serem vacinadas imediatamente ao chegar nas unidades. Enfim, podem ser diversos fatores, mas a SMS traçou estratégias para imunizar o maior número de crianças possíveis. A vacina previne as doenças. E o importante é aproveitar a oportunidade e levar os filhos para serem vacinados até o final da campanha", reforçou.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está intensificando as ações durante a última semana da Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que tem como meta atingir 95% de cobertura das crianças na faixa etária de um a menores de cinco anos. Do total de 33.059 crianças, até o momento o município imunizou 72,85% das crianças contra a pólio e 71,18% contra o sarampo.
De acordo com a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde, Taise Cavalcante, várias ações de intensificação da SMS já estão sendo praticadas desde a segunda semana da Campanha, como a abertura de Unidades Básicas de Saúde (UBS) em horário estendido até às 20 horas. Nesta quinta-feira, 30, e sexta-feira, 31, será a vez das unidades Edézio Vieira de Melo (bairro Siqueira Campos) e Fernando Sampaio (Conjunto Castelo Branco) abrirem as portas durante à noite.
 "E com o advento do bloqueio vacinal ocasionado pela notificação do último caso suspeito de sarampo na Capital, abrimos a UBS Augusto Franco na última terça-feira, 28, e nesta quarta-feira, 29, que imunizou não só quem teve contato com a pessoa possivelmente infectada, como também as crianças que estão dentro da faixa etária", esclareceu.
Outra ação que está sendo avaliada pela gestão municipal é a abertura de mais unidades no próximo sábado, 1º de setembro. "Oficialmente a campanha encerra na próxima sexta, dia 31 de agosto, mas como é um final de semana, o sistema fica aberto queremos aproveitar para dar mais essa chance a quem ainda não levou as crianças para as salas de vacina", revelou.
Segundo Taise, outra ação muito importante que vem sendo realizada é fruto de uma parceria com a Secretaria de Educação (Semed). "Nossas equipes de Saúde da Família estão junto com o Programa Saúde na Escola (PSE) vacinando nas escolas infantis com a adesão de um público muito grande de crianças", completou.
Em Aracaju, foram aplicadas 24.084 doses da vacina contra a poliomielite e 23.533 doses contra o sarampo. Ainda faltam vacinar mais de oito mil crianças para atingir 95% da meta, que é de 31.407 crianças. Para a enfermeira Tânia Nunes, referência técnica do Programa Municipal de Imunização, vários fatores podem ter influenciado para não atingir a meta.
 "Têm pessoas que não têm tempo, trabalham o dia todo e sentem dificuldade de levar os filhos às unidades básicas. Como também há falta de conhecimento da importância da vacina, e ainda a pressa das pessoas em serem vacinadas imediatamente ao chegar nas unidades. Enfim, podem ser diversos fatores, mas a SMS traçou estratégias para imunizar o maior número de crianças possíveis. A vacina previne as doenças. E o importante é aproveitar a oportunidade e levar os filhos para serem vacinados até o final da campanha", reforçou.