FSF E ACDS alinham divergências nas diretrizes técnicas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 31/08/2018 às 07:01:00

 

A Confederação Brasileira de Futebol baixou algumas diretrizes para as competições promovidas pela entidade. Essas diretrizes, com algumas adaptações, têm que ser seguidas também pelas entidades afiliadas, nas competições estaduais. 
A Federação Se3rgipana de Futebol (FSF) baixou as diretrizes, para o Campeonato Sergipano da Divisão A2. Alguns pontos não se encaixavam na realidade do futebol sergipano. Esses pontos foram alinhados esta semana, depois de uma reunião entre o Presidente Milton Dantas, da FSF e Adel Ribeiro, da ACDS.   
Entre essas diretrizes estão inseridos o credenciamento, utilização dos coletes, posicionamento para o trabalho, entre outros pontos, que foram trabalhados pelas partes sem que prejudicassem ou tirassem o direito dos profissionais da imprensa especializada e fortalecesse os trabalhos da FSF nos dias de jogos.
Um artigo foi ajustado e dois outros foram eliminados. Os artigos 10 e 11 deixaram de existir, após posicionamento contrário pela representação da categoria de cronistas e entendido pelo presidente da FSF.

A Confederação Brasileira de Futebol baixou algumas diretrizes para as competições promovidas pela entidade. Essas diretrizes, com algumas adaptações, têm que ser seguidas também pelas entidades afiliadas, nas competições estaduais. 
A Federação Se3rgipana de Futebol (FSF) baixou as diretrizes, para o Campeonato Sergipano da Divisão A2. Alguns pontos não se encaixavam na realidade do futebol sergipano. Esses pontos foram alinhados esta semana, depois de uma reunião entre o Presidente Milton Dantas, da FSF e Adel Ribeiro, da ACDS.   
Entre essas diretrizes estão inseridos o credenciamento, utilização dos coletes, posicionamento para o trabalho, entre outros pontos, que foram trabalhados pelas partes sem que prejudicassem ou tirassem o direito dos profissionais da imprensa especializada e fortalecesse os trabalhos da FSF nos dias de jogos.
Um artigo foi ajustado e dois outros foram eliminados. Os artigos 10 e 11 deixaram de existir, após posicionamento contrário pela representação da categoria de cronistas e entendido pelo presidente da FSF.