Lucas Aribé inicia divulgação da Semana Aracaju Acessível

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/09/2018 às 23:08:00

 

O vereador Lucas Aribé iniciou nesta segunda-feira, 3, a divulgação da 6ª Semana Aracaju Acessível. Idealizado pelo parlamentar, o maior evento de acessibilidade da capital acontece desde 2013 e, este ano, traz como tema-central "Comunicar para incluir". A programação prevê diversos eventos e ações, em vários pontos da cidade, entre os dias 16 e 23 deste mês. No primeiro dia de divulgação, Lucas conversou com estudantes e professores do Colégio Amadeus, da Escola Intellectus, e com funcionários do Museu da Gente Sergipana e do Instituto Banese.
Além de falar sobre a programação da Semana, Aribé orientou o público sobre alguns comportamentos e atitudes que permitem um diálogo sem barreiras. "A comunicação inclusiva é o primeiro passo para a construção de uma sociedade que respeita e valoriza a presença e a participação das pessoas com deficiência. Essas pessoas precisam ter acesso à informação para exercer plenamente a sua cidadania. Mas a comunicação não depende exclusivamente delas. É um dever de todos", ressalta o vereador.
Durante a palestra, foi distribuída uma cartilha com dicas práticas para uma comunicação inclusiva. As orientações simulam diversas situações envolvendo pessoas com deficiência física, visual, auditiva e intelectual.  Aos 15 anos, Mariana Laysa de Oliveira Rocha, aluna do 1º ano do Colégio Amadeus, se surpreendeu com as dicas. "Achei muito importante. Vi até uma que eu normalmente não faria, que é usar termos como 'olhe' e 'veja' em conversa com pessoas cegas. Achava que não deveria usar, mas descobri na cartilha que eles já são acostumados a esses termos", comenta.

O vereador Lucas Aribé iniciou nesta segunda-feira, 3, a divulgação da 6ª Semana Aracaju Acessível. Idealizado pelo parlamentar, o maior evento de acessibilidade da capital acontece desde 2013 e, este ano, traz como tema-central "Comunicar para incluir". A programação prevê diversos eventos e ações, em vários pontos da cidade, entre os dias 16 e 23 deste mês. No primeiro dia de divulgação, Lucas conversou com estudantes e professores do Colégio Amadeus, da Escola Intellectus, e com funcionários do Museu da Gente Sergipana e do Instituto Banese.
Além de falar sobre a programação da Semana, Aribé orientou o público sobre alguns comportamentos e atitudes que permitem um diálogo sem barreiras. "A comunicação inclusiva é o primeiro passo para a construção de uma sociedade que respeita e valoriza a presença e a participação das pessoas com deficiência. Essas pessoas precisam ter acesso à informação para exercer plenamente a sua cidadania. Mas a comunicação não depende exclusivamente delas. É um dever de todos", ressalta o vereador.
Durante a palestra, foi distribuída uma cartilha com dicas práticas para uma comunicação inclusiva. As orientações simulam diversas situações envolvendo pessoas com deficiência física, visual, auditiva e intelectual.  Aos 15 anos, Mariana Laysa de Oliveira Rocha, aluna do 1º ano do Colégio Amadeus, se surpreendeu com as dicas. "Achei muito importante. Vi até uma que eu normalmente não faria, que é usar termos como 'olhe' e 'veja' em conversa com pessoas cegas. Achava que não deveria usar, mas descobri na cartilha que eles já são acostumados a esses termos", comenta.