Erro médico: paciente tem a tireóide operada no lugar da hérnia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/09/2018 às 11:24:00

 

A família de uma paciente do Hospital São José, no bairro Santo Antônio (zona norte de Aracaju) denuncia que ela foi vítima de um erro médico ocorrido nesta terça-feira. A cozinheira Marilene Rodrigues dos Santos, 63, foi internada para fazer uma retirada de uma hérnia e de pólipos no útero, mas acabou tendo a tireóide retirada por uma médica que estava responsável pelo centro cirúrgico. O erro foi descoberto ontem e denunciado em um boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.
Segundo familiares, ao entrar no centro cirúrgico, a médica teria "confundido" a paciente com outra mulher, que aguardava para a retirada da tireoide no mesmo dia. Eles informam que Marilene está consciente, sendo acompanhada por um psicólogo e o quadro dela é estável, mas ela chora bastante e ainda está muito abalada, o que traz complicações para a sua recuperação pós-cirúrgicas. Ainda não há previsão de alta. A diretoria do Hospital São José informou que abriu sindicância interna para apuração e suspendeu temporariamente todos os procedimentos das profissionais envolvidas. Uma nota oficial deverá ser divulgada hoje. 

A família de uma paciente do Hospital São José, no bairro Santo Antônio (zona norte de Aracaju) denuncia que ela foi vítima de um erro médico ocorrido nesta terça-feira. A cozinheira Marilene Rodrigues dos Santos, 63, foi internada para fazer uma retirada de uma hérnia e de pólipos no útero, mas acabou tendo a tireóide retirada por uma médica que estava responsável pelo centro cirúrgico. O erro foi descoberto ontem e denunciado em um boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.
Segundo familiares, ao entrar no centro cirúrgico, a médica teria "confundido" a paciente com outra mulher, que aguardava para a retirada da tireoide no mesmo dia. Eles informam que Marilene está consciente, sendo acompanhada por um psicólogo e o quadro dela é estável, mas ela chora bastante e ainda está muito abalada, o que traz complicações para a sua recuperação pós-cirúrgicas. Ainda não há previsão de alta. A diretoria do Hospital São José informou que abriu sindicância interna para apuração e suspendeu temporariamente todos os procedimentos das profissionais envolvidas. Uma nota oficial deverá ser divulgada hoje.