Deputado João Daniel destaca vontade do povo sergipano pela candidatura de Lula

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/09/2018 às 11:34:00

 

O deputado federal João Daniel (PT), em discurso no plenário da Câmara Federal, na última terça-feira (04), destacou o apelo do povo trabalhador de Sergipe pelo deferimento da candidatura de Lula à presidência da república nas eleições deste ano. O deputado revelou que, em suas andanças pelo Estado, tem ouvido o povo sergipano dizer que o Brasil não pode impedir o presidente Lula de ser candidato. 
 "Nós não podemos aceitar uma Justiça que tem lado, que se partidarizou para criminalizar e impedir que a direita e a elite brasileira sejam derrotadas pela quinta vez neste País. Se o presidente Lula for impedido de disputar a eleição, isto será um golpe contra o povo brasileiro. Mas, tenho certeza de que o nome que ele indicar será vitorioso, porque a sociedade brasileira hoje sabe quem são os golpistas deste país, quem aprovou a Emenda Constitucional nº 95 - que congelou por vinte anos os investimentos em políticas públicas para a sociedade -, quem votou o afastamento de uma Presidenta legítima sem crime haver cometido, e quem votou vários projetos da maldade", ressaltou João Daniel. 
Ainda em seu discurso, o deputado disse estar feliz com a esperança, a força e a energia demonstrada pelo povo trabalhador sergipano, que segundo ele, está determinado a votar e eleger pessoas que tenham compromisso com Brasil. "Eu não tenho dúvida de que a esquerda retomará, a partir de 7 de outubro, a vitória no Brasil, e em 1º de janeiro de 2019 retornará a este país com um programa social para o povo brasileiro", disse o deputado.

O deputado federal João Daniel (PT), em discurso no plenário da Câmara Federal, na última terça-feira (04), destacou o apelo do povo trabalhador de Sergipe pelo deferimento da candidatura de Lula à presidência da república nas eleições deste ano. O deputado revelou que, em suas andanças pelo Estado, tem ouvido o povo sergipano dizer que o Brasil não pode impedir o presidente Lula de ser candidato. 
 "Nós não podemos aceitar uma Justiça que tem lado, que se partidarizou para criminalizar e impedir que a direita e a elite brasileira sejam derrotadas pela quinta vez neste País. Se o presidente Lula for impedido de disputar a eleição, isto será um golpe contra o povo brasileiro. Mas, tenho certeza de que o nome que ele indicar será vitorioso, porque a sociedade brasileira hoje sabe quem são os golpistas deste país, quem aprovou a Emenda Constitucional nº 95 - que congelou por vinte anos os investimentos em políticas públicas para a sociedade -, quem votou o afastamento de uma Presidenta legítima sem crime haver cometido, e quem votou vários projetos da maldade", ressaltou João Daniel. 
Ainda em seu discurso, o deputado disse estar feliz com a esperança, a força e a energia demonstrada pelo povo trabalhador sergipano, que segundo ele, está determinado a votar e eleger pessoas que tenham compromisso com Brasil. "Eu não tenho dúvida de que a esquerda retomará, a partir de 7 de outubro, a vitória no Brasil, e em 1º de janeiro de 2019 retornará a este país com um programa social para o povo brasileiro", disse o deputado.