Brasil garante vagas para o Pan de Trampolim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/09/2018 às 06:23:00

 

O Brasil classificou três atletas para as disputas da Ginástica de Trampolim nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019. O país terá direito a duas vagas no feminino e uma no masculino. A conquista foi obtida graças ao desempenho dos brasileiros no Pan de Ginástica, disputado na capital peruana.
O Brasil conquistou duas medalhas na disputa do Trampolim sincronizado do Pan-Americano de Ginástica, em Lima, no Peru. Os ginastas brasileiros também deixam a capital peruana com a meta de conseguir vagas para os Jogos Pan-Americanos de 2019 cumprida -o país terá dois representantes no feminino e um no masculino.
Lucas Tobias e João Fonseca conquistaram a medalha de prata no Trampolim Sincronizado, com 44.410. Os argentinos Lucas Adorno e Federico Cury ficaram com o ouro (46.740), e os canadenses Keegan Soehn e Trevor Stirling conquistaram o bronze (43.840).
Camilla Gomes e Daienne Lima levaram o bronze ao somarem 37.730. O ouro ficou com as canadenses Sophiane Methot e Sarah Milette (46.140), e a prata, com as norte-americanas Nicole Ahsinger e Olivia Simpson (41.230).
"O nível técnico dos países participantes estava muito alto, e conseguimos alcançar o nosso objetivo principal que era a classificação para os Jogos Pan-Americanos de 2019. Tivemos um excelente resultado na prova de Trampolim Sincronizado com as duas medalhas", festejou Tatiana Figueiredo, técnica e coordenadora de Trampolim.

O Brasil classificou três atletas para as disputas da Ginástica de Trampolim nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019. O país terá direito a duas vagas no feminino e uma no masculino. A conquista foi obtida graças ao desempenho dos brasileiros no Pan de Ginástica, disputado na capital peruana.
O Brasil conquistou duas medalhas na disputa do Trampolim sincronizado do Pan-Americano de Ginástica, em Lima, no Peru. Os ginastas brasileiros também deixam a capital peruana com a meta de conseguir vagas para os Jogos Pan-Americanos de 2019 cumprida -o país terá dois representantes no feminino e um no masculino.
Lucas Tobias e João Fonseca conquistaram a medalha de prata no Trampolim Sincronizado, com 44.410. Os argentinos Lucas Adorno e Federico Cury ficaram com o ouro (46.740), e os canadenses Keegan Soehn e Trevor Stirling conquistaram o bronze (43.840).
Camilla Gomes e Daienne Lima levaram o bronze ao somarem 37.730. O ouro ficou com as canadenses Sophiane Methot e Sarah Milette (46.140), e a prata, com as norte-americanas Nicole Ahsinger e Olivia Simpson (41.230).
"O nível técnico dos países participantes estava muito alto, e conseguimos alcançar o nosso objetivo principal que era a classificação para os Jogos Pan-Americanos de 2019. Tivemos um excelente resultado na prova de Trampolim Sincronizado com as duas medalhas", festejou Tatiana Figueiredo, técnica e coordenadora de Trampolim.