Oito feridos em três graves acidentes na capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Uma ambulância do Samu se envolveu em grave acidente
Uma ambulância do Samu se envolveu em grave acidente

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/09/2018 às 06:49:00

 

Três acidentes graves 
chamaram a atenção 
em um espaço de 24 horas neste começo de semana em Aracaju. O mais grave deles, na manhã deste domingo, envolveu uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que capotou depois de ser atingida por um Fiat Siena na esquina da Avenida Rio de Janeiro com a Rua Nestor Sampaio, no bairro Ponto Novo (zona oeste). O choque deixou seis pessoas feridas, sendo quatro servidores do Samu que foram levados ao Hospital de Urgência de sergipe (Huse) com dores no corpo e pequenos cortes, recebendo alta no fim da tarde.
O caso mais grave é o do motorista do carro de passeio, um rapaz de 19 anos, que sofreu fratura exposta na perna e traumatismo cranioencefálico grave. Ele permaneceu internado no Centro Cirúrgico do Huse, onde passou por uma cirurgia de correção do fêmur. Até o fechamento desta edição, o paciente se encontrava estável, traqueostomizado e em ventilação mecânica, permanecendo em observação. Um novo boletim médico deve ser divulgado hoje. 
As circunstâncias do acidente ainda são apuradas, mas testemunhas informaram a polícia que o Siena estaria em alta velocidade e teria ultrapassado o sinal vermelho para passar pela Nestor Sampaio. O comandante da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), capitão Adelvan Silveira, disse ontem que pode ter havido infração a uma regra do Código Brasileiro de Trânsito que dá a preferência à passagem aos veículos de emergência nos cruzamentos e rotatórias. O Siena também capotou com após bater na ambulância. 
Os outros dois acidentes aconteceram na manhã de ontem. Por volta das 7h, um carro de passeio perdeu o controle da direção e bateu em um poste com fios de alta tensão na Avenida Anísio Azevedo, bairro 13 de Julho (zona sul). O impacto quebrou o poste no meio e fez com que os fios caíssem por cima do veículo. O motorista não ficou ferido, mas evitou sair do carro, com meio de que ele estivesse energizado. Ele pediu ajuda ao Corpo de Bombeiros, que por sua vez acionou as equipes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Energisa, empresa distribuidora de energia. 
O fornecimento de eletricidade foi interrompido na região do acidente, até que o motorista fosse resgatado, sem ferimentos. Em seguida, a pista foi liberada e o conserto do poste foi providenciado. Por meio da assessoria, a Energisa informou que o motorista será acionado na Justiça para arcar com as despesas do poste, que podem variar entre R$ 1.500 e R$ 12 mil.
O outro acidente aconteceu cerca de duas horas depois, no quilômetro 6 da BR-235, entre Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. Um casal seguia no sentido de saída da cidade quando perdeu o controle do veículo e bateu com ele em um poste de sustentação das placas de sinalização da rodovia. O choque deixou o casal ferido. O motorista sofreu fraturas nas duas pernas e no braço. Já a mulher, que estava de passageira, precisou ser retirada das ferragens com a ajuda do Corpo de Bombeiros, sendo também atendida. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apura se o acidente foi causado por um estouro de pneu ou se ele tentava desviar de algum obstáculo na pista ou outro veículo. 

Três acidentes graves  chamaram a atenção  em um espaço de 24 horas neste começo de semana em Aracaju. O mais grave deles, na manhã deste domingo, envolveu uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que capotou depois de ser atingida por um Fiat Siena na esquina da Avenida Rio de Janeiro com a Rua Nestor Sampaio, no bairro Ponto Novo (zona oeste). O choque deixou seis pessoas feridas, sendo quatro servidores do Samu que foram levados ao Hospital de Urgência de sergipe (Huse) com dores no corpo e pequenos cortes, recebendo alta no fim da tarde.
O caso mais grave é o do motorista do carro de passeio, um rapaz de 19 anos, que sofreu fratura exposta na perna e traumatismo cranioencefálico grave. Ele permaneceu internado no Centro Cirúrgico do Huse, onde passou por uma cirurgia de correção do fêmur. Até o fechamento desta edição, o paciente se encontrava estável, traqueostomizado e em ventilação mecânica, permanecendo em observação. Um novo boletim médico deve ser divulgado hoje. 
As circunstâncias do acidente ainda são apuradas, mas testemunhas informaram a polícia que o Siena estaria em alta velocidade e teria ultrapassado o sinal vermelho para passar pela Nestor Sampaio. O comandante da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), capitão Adelvan Silveira, disse ontem que pode ter havido infração a uma regra do Código Brasileiro de Trânsito que dá a preferência à passagem aos veículos de emergência nos cruzamentos e rotatórias. O Siena também capotou com após bater na ambulância. 
Os outros dois acidentes aconteceram na manhã de ontem. Por volta das 7h, um carro de passeio perdeu o controle da direção e bateu em um poste com fios de alta tensão na Avenida Anísio Azevedo, bairro 13 de Julho (zona sul). O impacto quebrou o poste no meio e fez com que os fios caíssem por cima do veículo. O motorista não ficou ferido, mas evitou sair do carro, com meio de que ele estivesse energizado. Ele pediu ajuda ao Corpo de Bombeiros, que por sua vez acionou as equipes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Energisa, empresa distribuidora de energia. 
O fornecimento de eletricidade foi interrompido na região do acidente, até que o motorista fosse resgatado, sem ferimentos. Em seguida, a pista foi liberada e o conserto do poste foi providenciado. Por meio da assessoria, a Energisa informou que o motorista será acionado na Justiça para arcar com as despesas do poste, que podem variar entre R$ 1.500 e R$ 12 mil.
O outro acidente aconteceu cerca de duas horas depois, no quilômetro 6 da BR-235, entre Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. Um casal seguia no sentido de saída da cidade quando perdeu o controle do veículo e bateu com ele em um poste de sustentação das placas de sinalização da rodovia. O choque deixou o casal ferido. O motorista sofreu fraturas nas duas pernas e no braço. Já a mulher, que estava de passageira, precisou ser retirada das ferragens com a ajuda do Corpo de Bombeiros, sendo também atendida. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apura se o acidente foi causado por um estouro de pneu ou se ele tentava desviar de algum obstáculo na pista ou outro veículo.