Marcio participa do lançamento de Haddad como candidato à presidência

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Márcio Macedo com Fernando Haddad, em Curitiba, durante o lançamento da chapa do PT à Presidência
Márcio Macedo com Fernando Haddad, em Curitiba, durante o lançamento da chapa do PT à Presidência

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 12/09/2018 às 07:05:00

 

O vice-presidente nacional do PT e candidato a deputado federal, Marcio Macedo, participou nesta terça-feira, em Curitiba, no Paraná, da reunião da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores que aprovou por unanimidade Fernando Haddad como candidato do PT à presidência da República. Após a reunião, em frente à sede da Polícia Federal (PF), o nome de Haddad foi apresentado oficialmente e o de Manuela Dávila, do PCdoB, como vice. Segundo Marcio, impediram injustamente a participação do ex-presidente Lula na disputa eleitoral, mas com Haddad, o país vai voltar a crescer e a colocar em prática novamente as políticas públicas que beneficiam os brasileiros.
 "Hoje, foi um dia histórico para a democracia do país e todos os brasileiros. O presidente Lula passou a sua decisão para nós e pediu que prosseguíssemos com a sua luta, com Haddad como candidato à presidência. Atendemos a decisão e as orientações, e vamos ainda mais fortes para as ruas, pois Haddad é Lula e é de luta. Retiraram o presidente Lula do processo eleitoral de forma irregular, injusta e arbitrária, mas ele está muito bem representado por Haddad. O programa de Governo de Haddad é o mesmo de Lula e não vamos desistir de fazer o Brasil ser feliz de novo", disse.
Ainda de acordo com Marcio, a eleição de Fernando Haddad, inclusive, é fundamental também para a libertação do ex-presidente Lula. "Haddad é um grande político e gestor, e tem as mesmas ideias de Lula. Vamos, junto com o povo, continuar lutando pelo Brasil, pela retirada do país dessa grave crise instalada por Temer e sua turma, e também para a libertação do presidente Lula, que está numa prisão política injusta e ilegal. O Brasil merece esta vitória e vamos em busca disso", assegura o candidato a deputado federal.

O vice-presidente nacional do PT e candidato a deputado federal, Marcio Macedo, participou nesta terça-feira, em Curitiba, no Paraná, da reunião da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores que aprovou por unanimidade Fernando Haddad como candidato do PT à presidência da República. Após a reunião, em frente à sede da Polícia Federal (PF), o nome de Haddad foi apresentado oficialmente e o de Manuela Dávila, do PCdoB, como vice. Segundo Marcio, impediram injustamente a participação do ex-presidente Lula na disputa eleitoral, mas com Haddad, o país vai voltar a crescer e a colocar em prática novamente as políticas públicas que beneficiam os brasileiros.
 "Hoje, foi um dia histórico para a democracia do país e todos os brasileiros. O presidente Lula passou a sua decisão para nós e pediu que prosseguíssemos com a sua luta, com Haddad como candidato à presidência. Atendemos a decisão e as orientações, e vamos ainda mais fortes para as ruas, pois Haddad é Lula e é de luta. Retiraram o presidente Lula do processo eleitoral de forma irregular, injusta e arbitrária, mas ele está muito bem representado por Haddad. O programa de Governo de Haddad é o mesmo de Lula e não vamos desistir de fazer o Brasil ser feliz de novo", disse.
Ainda de acordo com Marcio, a eleição de Fernando Haddad, inclusive, é fundamental também para a libertação do ex-presidente Lula. "Haddad é um grande político e gestor, e tem as mesmas ideias de Lula. Vamos, junto com o povo, continuar lutando pelo Brasil, pela retirada do país dessa grave crise instalada por Temer e sua turma, e também para a libertação do presidente Lula, que está numa prisão política injusta e ilegal. O Brasil merece esta vitória e vamos em busca disso", assegura o candidato a deputado federal.