Moda Mix começa nessa quinta em Itabaianinha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/09/2018 às 06:41:00

 

Começa nessa quinta-feira, ás 19h, em Itabaianinha, a terceira edição do Moda Mix, o maior evento da cadeia da moda sergipana. Este ano mais de 30 empresas integrantes do Polo de Confecções da cidade irão divulgar seus produtos e apresentar em primeira mão as novidades da coleção Verão 2019.
A programação deste ano conta com apresentações culturais e desfiles com os artigos de moda feminina, masculina, infantil, íntima, fitness e fardamentos elaborados pelos empresários da região.
As atividades prosseguem até domingo, sendo realizadas sempre na sede do Polo Têxtil e com entrada gratuita. Durante todo o evento as lojas estarão abertas para comercializar as peças apresentadas durante os desfiles.
Uma das novidades desse ano é a realização de uma Rodada de Negócios, buscando aproximar os lojistas de potenciais compradores e promover novas parcerias. Os encontros acontecem na sexta-feira, a partir das 9h.
"Queremos apresentar ao público o potencial da nossa indústria de confecções e estimular a abertura de novos mercados. Esses empreendimentos têm investido em inovação e na melhoria constante de seus processos. Vamos aos lojistas que não é preciso sair do estado para ir em busca de novas coleções, pois temos aqui fábricas capazes de atender essa demanda", ressalta a analista do Sebrae e gestora do Projeto Desenvolvimento das Confecções das regiões Sul e Centro Sul Sergipano, Aldeci Andrade.
O Moda Mix é promovido pela Associação da Confecção do Município de Itabaianinha (ASK) e conta com o apoio do Sebrae, Prefeitura local e Fundação Jairo Lima de Carvalho. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 2106-7727, 99977-7792 e 98849-7200.
Localizado a 118 km da capital, o município de Itabaianinha sempre teve sua economia concentrada na agropecuária e cerâmica. Esse cenário começou a mudar em 1996, quando uma parceria com o grupo empresarial paulista Grippon, cujos empresários eram oriundos de Itabaianinha, permitiu a implantação de uma indústria de confecções na cidade, incentivando assim o surgimento de pequenas fábricas de roupas masculinas.
Em 2000 foram iniciadas as primeiras ações de qualificação de mão de obra. Um ano depois foi implantado o primeiro projeto de oficinas produtivas. A partir de 2005 os empreendedores passaram a contar com o apoio do Sebrae por meio de capacitações gerenciais e ações de inovação.

Começa nessa quinta-feira, ás 19h, em Itabaianinha, a terceira edição do Moda Mix, o maior evento da cadeia da moda sergipana. Este ano mais de 30 empresas integrantes do Polo de Confecções da cidade irão divulgar seus produtos e apresentar em primeira mão as novidades da coleção Verão 2019.
A programação deste ano conta com apresentações culturais e desfiles com os artigos de moda feminina, masculina, infantil, íntima, fitness e fardamentos elaborados pelos empresários da região.
As atividades prosseguem até domingo, sendo realizadas sempre na sede do Polo Têxtil e com entrada gratuita. Durante todo o evento as lojas estarão abertas para comercializar as peças apresentadas durante os desfiles.
Uma das novidades desse ano é a realização de uma Rodada de Negócios, buscando aproximar os lojistas de potenciais compradores e promover novas parcerias. Os encontros acontecem na sexta-feira, a partir das 9h.
"Queremos apresentar ao público o potencial da nossa indústria de confecções e estimular a abertura de novos mercados. Esses empreendimentos têm investido em inovação e na melhoria constante de seus processos. Vamos aos lojistas que não é preciso sair do estado para ir em busca de novas coleções, pois temos aqui fábricas capazes de atender essa demanda", ressalta a analista do Sebrae e gestora do Projeto Desenvolvimento das Confecções das regiões Sul e Centro Sul Sergipano, Aldeci Andrade.
O Moda Mix é promovido pela Associação da Confecção do Município de Itabaianinha (ASK) e conta com o apoio do Sebrae, Prefeitura local e Fundação Jairo Lima de Carvalho. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 2106-7727, 99977-7792 e 98849-7200.
Localizado a 118 km da capital, o município de Itabaianinha sempre teve sua economia concentrada na agropecuária e cerâmica. Esse cenário começou a mudar em 1996, quando uma parceria com o grupo empresarial paulista Grippon, cujos empresários eram oriundos de Itabaianinha, permitiu a implantação de uma indústria de confecções na cidade, incentivando assim o surgimento de pequenas fábricas de roupas masculinas.
Em 2000 foram iniciadas as primeiras ações de qualificação de mão de obra. Um ano depois foi implantado o primeiro projeto de oficinas produtivas. A partir de 2005 os empreendedores passaram a contar com o apoio do Sebrae por meio de capacitações gerenciais e ações de inovação.