Professoras de Socorro são destaques do 11° Prêmio Professores do Brasil

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
COM PROJETOS INOVADORES, PROFESSORAS DE CRECHE EM SOCORRO SÃO PREMIADAS
COM PROJETOS INOVADORES, PROFESSORAS DE CRECHE EM SOCORRO SÃO PREMIADAS

Criança brinca em creche premiada de Socorro
Criança brinca em creche premiada de Socorro


Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/09/2018 às 06:42:00

 

Duas professoras da 
creche Vovó Jason de 
Gois da Silva, do Conjunto Jardim, tiveram seus projetos reconhecidos na etapa estadual do 11° Prêmio Professores do Brasil. O evento é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que busca reconhecer, valorizar e premiar o trabalho de professores da rede pública que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem nas salas de aulas.
As duas únicas premiadas na categoria "Creche" foram as professoras da rede municipal de ensino de Nossa Senhora do Socorro, Géssyca Ferreira, que conquistou o 1° lugar com o projeto "Uma doce descoberta no 'Jardim' -
 Os animais do lugar onde vivo", e em 2° lugar ficou o projeto "Brincando e experimentando, assim me conheço e conheço o mundo", da professora Maria do Carmo. Os projetos foram realizados durante todo o mês de novembro com os alunos da creche que executaram e participaram das atividades relacionadas aos temas.
Em 2017, a campeã do prêmio na categoria "Creche" foi a professora Sueli Vasconcelos também da Vovó Jason e a diretora da instituição, Anick Danielle, comemorou mais uma conquista e garantiu que o resultado é fruto de um trabalho realizado em equipe e da liberdade dada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) no desenvolvimento das atividades. "A conquista é resultado de muita competência, dedicação, respeito pelos nossos alunos, cuidado e muito amor. É um trabalho que a gente precisa dar o nosso melhor e o melhor é dado todos os dias por toda a nossa equipe", disse Anick.
Há quase três anos como professora na Vovô Jason, a campeã Géssyca detalha o surgimento do projeto e a ação pedagógica. "Ele surgiu por parte da coordenadora quando nós fomos trabalhar os animais, só que os meus alunos gostaram muito da abelha e foi dela que nós procuramos trabalhar todo conteúdo em sala de aula, toda ação pedagógica foi construída a partir da curiosidade e do interesse das crianças. A partir da abelha trabalhamos conceitos matemáticos, escrita, expressão oral, conhecimentos sobre a natureza, sabores, sensações e texturas. A recepção dos alunos foi um fator primordial para ganharmos o prêmio", disse.
Já a professora Maria do Carmo, que teve o projeto como destaque, não escondeu a emoção de conquistar seu primeiro prêmio em 37 anos de trabalho na rede municipal de ensino de Socorro. "Eu não acreditei quando soube o resultado. Meus alunos têm em torno de dois anos de idade e meu projeto 'Brincando e experimentando, assim eu conheço o mundo' foi realizado através de jogos e brincadeiras, experimentando texturas, doces e salgados, fazendo todo tipo de experiências. Eles adoram, adoram mesmo. Este é o meu primeiro prêmio, mas eu tenho que agradecer a minha parceira de sala, Luzi Selma, sem ela eu não teria conseguido esse belíssimo trabalho", comemorou a docente.
A entrega do prêmio para os vencedores da etapa estadual será realizada em outubro, assim como será divulgado o campeão da etapa regional, onde o vencedor estará concorrendo com os campeões das outras regiões do país.

Duas professoras da  creche Vovó Jason de  Gois da Silva, do Conjunto Jardim, tiveram seus projetos reconhecidos na etapa estadual do 11° Prêmio Professores do Brasil. O evento é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que busca reconhecer, valorizar e premiar o trabalho de professores da rede pública que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem nas salas de aulas.
As duas únicas premiadas na categoria "Creche" foram as professoras da rede municipal de ensino de Nossa Senhora do Socorro, Géssyca Ferreira, que conquistou o 1° lugar com o projeto "Uma doce descoberta no 'Jardim' - Os animais do lugar onde vivo", e em 2° lugar ficou o projeto "Brincando e experimentando, assim me conheço e conheço o mundo", da professora Maria do Carmo. Os projetos foram realizados durante todo o mês de novembro com os alunos da creche que executaram e participaram das atividades relacionadas aos temas.
Em 2017, a campeã do prêmio na categoria "Creche" foi a professora Sueli Vasconcelos também da Vovó Jason e a diretora da instituição, Anick Danielle, comemorou mais uma conquista e garantiu que o resultado é fruto de um trabalho realizado em equipe e da liberdade dada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) no desenvolvimento das atividades. "A conquista é resultado de muita competência, dedicação, respeito pelos nossos alunos, cuidado e muito amor. É um trabalho que a gente precisa dar o nosso melhor e o melhor é dado todos os dias por toda a nossa equipe", disse Anick.
Há quase três anos como professora na Vovô Jason, a campeã Géssyca detalha o surgimento do projeto e a ação pedagógica. "Ele surgiu por parte da coordenadora quando nós fomos trabalhar os animais, só que os meus alunos gostaram muito da abelha e foi dela que nós procuramos trabalhar todo conteúdo em sala de aula, toda ação pedagógica foi construída a partir da curiosidade e do interesse das crianças. A partir da abelha trabalhamos conceitos matemáticos, escrita, expressão oral, conhecimentos sobre a natureza, sabores, sensações e texturas. A recepção dos alunos foi um fator primordial para ganharmos o prêmio", disse.
Já a professora Maria do Carmo, que teve o projeto como destaque, não escondeu a emoção de conquistar seu primeiro prêmio em 37 anos de trabalho na rede municipal de ensino de Socorro. "Eu não acreditei quando soube o resultado. Meus alunos têm em torno de dois anos de idade e meu projeto 'Brincando e experimentando, assim eu conheço o mundo' foi realizado através de jogos e brincadeiras, experimentando texturas, doces e salgados, fazendo todo tipo de experiências. Eles adoram, adoram mesmo. Este é o meu primeiro prêmio, mas eu tenho que agradecer a minha parceira de sala, Luzi Selma, sem ela eu não teria conseguido esse belíssimo trabalho", comemorou a docente.
A entrega do prêmio para os vencedores da etapa estadual será realizada em outubro, assim como será divulgado o campeão da etapa regional, onde o vencedor estará concorrendo com os campeões das outras regiões do país.