PF apreende 728 quilos de maconha em bloqueio na BR-101

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A droga apreendida na BR-101
A droga apreendida na BR-101

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/09/2018 às 06:50:00

 

A Polícia Federal apreendeu ontem, em uma barreira montada na BR-101, 728 quilos de maconha, que estavam escondidas em caminhão oriundo de São Paulo (SP). Foi a maior apreensão do entorpecente do ano em Sergipe. Segundo nota divulgada pelo órgão, a ação integra as fiscalizações de rotina que vêm sendo executadas nas principais rodovias do Estado visando à repressão de facções criminosas, tráfico de drogas e armas, entre outros crimes correlatos. 
A abordagem foi realizada pelos policiais federais durante a madrugada, na barreira montada em um trecho cuja cidade não foi divulgada. Durante a abordagem, o condutor do caminhão apresentou CNH e documento veicular vencido, demonstrando nervosismo durante a entrevista. Chamou a atenção da equipe também o relato de que a carroceria do caminhão vindo da capital paulista com destino ao Nordeste estaria vazia. Em revista no baú da carreta foi localizado o carregamento de maconha em tabletes, acondicionados em caixas de papelão. 
Foi, então, dada voz de prisão ao proprietário que foi levado para a sede da PF para a lavratura das formalidades de praxe. O motorista disse ainda que foi cooptado para o "serviço" por um "conhecido de estrada", e que faria o papel de "batedor" do caminhão no trajeto até Recife (PE). Tudo indica que a droga tenha como origem a cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai e teria sido adquirida por um "consórcio" formado entre quadrilhas de traficantes para trazer o máximo possível de drogas com o mínimo de risco de prisões. As investigações prosseguem a fim de se esclarecer a propriedade, o destinatário da maconha e outros envolvidos no caso. 
O motorista, cuja identidade não foi revelada, foi autuado por tráfico interestadual de drogas e encaminhado ao Sistema Penitenciário do Estado, permanecendo à disposição da Justiça Estadual. No ano de 2018, até o presente momento, a Polícia Federal em Sergipe já apreendeu 1,8 tonelada de maconha, 7,5 quilos de cocaína e 8 quilos de crack. 

A Polícia Federal apreendeu ontem, em uma barreira montada na BR-101, 728 quilos de maconha, que estavam escondidas em caminhão oriundo de São Paulo (SP). Foi a maior apreensão do entorpecente do ano em Sergipe. Segundo nota divulgada pelo órgão, a ação integra as fiscalizações de rotina que vêm sendo executadas nas principais rodovias do Estado visando à repressão de facções criminosas, tráfico de drogas e armas, entre outros crimes correlatos. 
A abordagem foi realizada pelos policiais federais durante a madrugada, na barreira montada em um trecho cuja cidade não foi divulgada. Durante a abordagem, o condutor do caminhão apresentou CNH e documento veicular vencido, demonstrando nervosismo durante a entrevista. Chamou a atenção da equipe também o relato de que a carroceria do caminhão vindo da capital paulista com destino ao Nordeste estaria vazia. Em revista no baú da carreta foi localizado o carregamento de maconha em tabletes, acondicionados em caixas de papelão. 
Foi, então, dada voz de prisão ao proprietário que foi levado para a sede da PF para a lavratura das formalidades de praxe. O motorista disse ainda que foi cooptado para o "serviço" por um "conhecido de estrada", e que faria o papel de "batedor" do caminhão no trajeto até Recife (PE). Tudo indica que a droga tenha como origem a cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai e teria sido adquirida por um "consórcio" formado entre quadrilhas de traficantes para trazer o máximo possível de drogas com o mínimo de risco de prisões. As investigações prosseguem a fim de se esclarecer a propriedade, o destinatário da maconha e outros envolvidos no caso. 
O motorista, cuja identidade não foi revelada, foi autuado por tráfico interestadual de drogas e encaminhado ao Sistema Penitenciário do Estado, permanecendo à disposição da Justiça Estadual. No ano de 2018, até o presente momento, a Polícia Federal em Sergipe já apreendeu 1,8 tonelada de maconha, 7,5 quilos de cocaína e 8 quilos de crack.