Amorim apresenta propostas para o setor comercial

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/09/2018 às 07:02:00

 

Candidato ao Governo do estado, Eduardo Amorim (PSDB) participou, na quarta-feira (12), da edição especial do ciclo de palestras "Conversando com o Lojista", promovido pela Câmaras de Dirigentes Lojistas - CDL/Aracaju e pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Sergipe - FCDL/SE. O candidato, que estava acompanhado do seu vice, Ivan Leite (PRB), apresentou propostas para o setor comercial, destacando a necessidade do equilíbrio fiscal para retomar o desenvolvimento econômico de Sergipe.
Eduardo também respondeu aos questionamentos dos representantes dos lojistas e recebeu sugestões para aprimorar ainda mais o seu plano de governo. "O próximo governo estadual terá o enorme desafio de fazer com que o setor público volte a ser a mola impulsora da economia estadual. Uma das medidas necessárias é o pagamento dos salários dos servidores em dia. Isso garante o poder de compra e faz a economia estadual girar todo mês", afirmou o candidato.
Para o desenvolvimento do setor comercial, Eduardo propôs desburocratizar os processos nos negócios e informatizar os serviços, por meio modernização e implementação de novas tecnologias. "Firmar parcerias com instituições de pesquisa e de inovação tecnológica, além de abrir uma linha de crédito especial, por meio do Banese, àqueles que queiram e necessitem de modernização e de novas tecnologias. Com isso, ganha-se em agilidade, eficiência e diminuição dos custos operacionais", destacou.
Promover a capacitação profissional também foi um dos pontos apresentados por Eduardo Amorim. "Será criada a Escola Sergipana de Formação Profissional, com cursos específicos. Assim, vamos qualificar a nossa mão de obra e conquistar o consumidor pelo bom atendimento e pela boa prestação dos serviços", detalhou.

Candidato ao Governo do estado, Eduardo Amorim (PSDB) participou, na quarta-feira (12), da edição especial do ciclo de palestras "Conversando com o Lojista", promovido pela Câmaras de Dirigentes Lojistas - CDL/Aracaju e pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Sergipe - FCDL/SE. O candidato, que estava acompanhado do seu vice, Ivan Leite (PRB), apresentou propostas para o setor comercial, destacando a necessidade do equilíbrio fiscal para retomar o desenvolvimento econômico de Sergipe.
Eduardo também respondeu aos questionamentos dos representantes dos lojistas e recebeu sugestões para aprimorar ainda mais o seu plano de governo. "O próximo governo estadual terá o enorme desafio de fazer com que o setor público volte a ser a mola impulsora da economia estadual. Uma das medidas necessárias é o pagamento dos salários dos servidores em dia. Isso garante o poder de compra e faz a economia estadual girar todo mês", afirmou o candidato.
Para o desenvolvimento do setor comercial, Eduardo propôs desburocratizar os processos nos negócios e informatizar os serviços, por meio modernização e implementação de novas tecnologias. "Firmar parcerias com instituições de pesquisa e de inovação tecnológica, além de abrir uma linha de crédito especial, por meio do Banese, àqueles que queiram e necessitem de modernização e de novas tecnologias. Com isso, ganha-se em agilidade, eficiência e diminuição dos custos operacionais", destacou.
Promover a capacitação profissional também foi um dos pontos apresentados por Eduardo Amorim. "Será criada a Escola Sergipana de Formação Profissional, com cursos específicos. Assim, vamos qualificar a nossa mão de obra e conquistar o consumidor pelo bom atendimento e pela boa prestação dos serviços", detalhou.