Brasileiros estreiam no Pan de Lima em busca de vaga

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/09/2018 às 06:21:00

 

Os brasileiros iniciaram nesta sexta-feira,14 a disputa do Pan-Americano de Ginástica Artística, em Lima, no Peru. A competição distribui vagas para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que serão na mesma cidade. As oito equipes mais bem colocadas no classificatório, assegurarão seu lugar no evento do ano que vem.
No feminino, o Brasil será representado por Daniele Hypólito, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane dos Santos, Rebeca Andrade e Thaís Fidélis.
Entre os homens, irão competir Caio Souza, Francisco Barretto Júnior, Leonardo Matheus Souza, Lucas de Souza Bitencourt e Luís Guilherme Porto. Arthur Zanetti e Arthur Nory não viajaram com a equipe.
- Não estamos com nossa equipe mais forte. Sem os dois, ficamos mais fracos em alguns aparelhos. Porém, temos três ginastas muito experientes nessa equipe, o Chico, o Caio e o Lucas, que podem fazer a diferença e dois atletas mais novos, que vêm fazendo um excelente trabalho. O grupo todo tem se dedicado muito em toda preparação. Acredito muito nesse conjunto - afirmou Cristiano Albino, treinador responsável da equipe masculina. 

Os brasileiros iniciaram nesta sexta-feira,14 a disputa do Pan-Americano de Ginástica Artística, em Lima, no Peru. A competição distribui vagas para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que serão na mesma cidade. As oito equipes mais bem colocadas no classificatório, assegurarão seu lugar no evento do ano que vem.
No feminino, o Brasil será representado por Daniele Hypólito, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane dos Santos, Rebeca Andrade e Thaís Fidélis.
Entre os homens, irão competir Caio Souza, Francisco Barretto Júnior, Leonardo Matheus Souza, Lucas de Souza Bitencourt e Luís Guilherme Porto. Arthur Zanetti e Arthur Nory não viajaram com a equipe.
- Não estamos com nossa equipe mais forte. Sem os dois, ficamos mais fracos em alguns aparelhos. Porém, temos três ginastas muito experientes nessa equipe, o Chico, o Caio e o Lucas, que podem fazer a diferença e dois atletas mais novos, que vêm fazendo um excelente trabalho. O grupo todo tem se dedicado muito em toda preparação. Acredito muito nesse conjunto - afirmou Cristiano Albino, treinador responsável da equipe masculina.