Polícia conclui investigação sobre furto e incêndio em restaurante

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/09/2018 às 06:49:00

 

A Polícia Civil de Simão Dias  (Centro-Sul) concluiu a investigação referente ao furto e incêndio doloso ocorrido no Restaurante Serrano, na Serra do Cabral, no dia 24 de abril deste ano. Após informações, a policia chegou até Pedro Henrique Santos de Menezes, conhecido como ''Galego'', e José Antônio Ribeiro Santos, conhecido como ''Tetê'', ambos de 18 anos.
Pedro Henrique e José Antônio são acusados de subtrair botijões de gás e incendiar o local, causando um dano de R$ 50 mil ao dono do restaurante. O estabelecimento era considerado um dos principais pontos turísticos da cidade. "A Polícia Civil de Simão Dias mostra mais uma vez aos cidadãos que com muito trabalho e dedicação, junto com a colaboração da população, vem elucidando os crimes e deixando a cidade mais tranquila", afirmou o delegado Clever Farias.

A Polícia Civil de Simão Dias  (Centro-Sul) concluiu a investigação referente ao furto e incêndio doloso ocorrido no Restaurante Serrano, na Serra do Cabral, no dia 24 de abril deste ano. Após informações, a policia chegou até Pedro Henrique Santos de Menezes, conhecido como ''Galego'', e José Antônio Ribeiro Santos, conhecido como ''Tetê'', ambos de 18 anos.
Pedro Henrique e José Antônio são acusados de subtrair botijões de gás e incendiar o local, causando um dano de R$ 50 mil ao dono do restaurante. O estabelecimento era considerado um dos principais pontos turísticos da cidade. "A Polícia Civil de Simão Dias mostra mais uma vez aos cidadãos que com muito trabalho e dedicação, junto com a colaboração da população, vem elucidando os crimes e deixando a cidade mais tranquila", afirmou o delegado Clever Farias.