Belivaldo destaca modernização da gestão fiscal

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Belivaldo lidera carreata em Aracaju
Belivaldo lidera carreata em Aracaju

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/09/2018 às 07:03:00

 

Para o governador do Es-
tado, Belivaldo Chagas, 
candidato à reeleição pela coligação Pra Sergipe Avançar, nos cinco meses de sua gestão à frente do Governo de Sergipe, a economia sergipana avançou positivamente, "resultado de muito esforço, compromisso e trabalho planejado".
Belivaldo explica que por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), seu governo promove acompanhamento diário da gestão de fluxo de caixa, está reduzindo despesas de custeio do Estado e adotando medidas para facilitar a vida dos cidadãos e contribuintes estaduais como a possibilidade de parcelamento para pagamento do IPVA e a alteração da metodologia de cálculo do ICMS para baratear o custo do diesel comum, do diesel S-10 e do gás de cozinha ao consumidor final.
"Em momento de crise financeira como a que estamos enfrentando atualmente, é preciso ter criatividade para gerir as finanças públicas, e isso se consegue com experiência de gestão, conhecimento profundo da máquina pública, requisitos estes que faltam aos meus adversários, àqueles que querem governar o Estado e pensam que gestão se faz com soluções mágicas. Portanto, repito: ser governador não é tarefa fácil e tampouco para qualquer um. É preciso ter preparo e competência administrativa e isso já mostrei que tenho nestes cinco meses em que estou governador do meu Estado", afirma Belivaldo.
A Sefaz, ao aplicar nova metodologia de cálculo para cobrança do ICMS de derivados de petróleo, fez com que, a partir desta segunda-feira (17), o preço médio do diesel comum e do diesel S-10, comercializado em Sergipe, seja mais barato que nos estados da Bahia e Alagoas. Essa iniciativa do Governo Belivaldo, ressalta o governador e candidato à reeleição, colabora com a redução do preço desses produtos para o consumidor final. 
Com essa medida, o preço médio (PMPF) a ser praticado em Sergipe passa a ser de R$ 3,310 (para diesel comum e diesel S-10), enquanto que no estado da Bahia os valores são de R$ 3,450 para o diesel comum e R$ 3,550 para o diesel S-10. Em Alagoas, o PMPF para o diesel comum será R$ 3,5236 e para o diesel S-10 R$ 3,6293.
Assim como o preço médio do diesel em Sergipe reduziu com a mudança no cálculo do ICMS cobrado pelo Governo de Sergipe, completa Belivaldo, o gás de cozinha também sofre redução no preço do botijão de 13kg vendido ao consumidor final. 
"Isso aumenta a competitividade de Sergipe na comercialização do gás de cozinha, favorecendo nosso comércio, e facilita a vida das pessoas, que tanto têm sido penalizadas com as políticas desastrosas implantadas pelo governo de Temer na economia. Enquanto meus adversários prometem fazer isso e aquilo, sem explicar como, nós mostramos, com ações efetivas e concretas, sensíveis à população, o que já estamos fazendo e o que propomos para dar continuidade a recuperação de nossa economia e alavancar o desenvolvimento do Estado a partir de 2019", destaca o governador.
A partir do trabalho de planejamento executado pela Sefaz nos últimos cinco meses, Belivaldo afirma que, desde junho, 70% dos servidores públicos, ativos e inativos, recebem seus salários dentro do mês trabalhado, enquanto os demais até o dia 12 do mês subsequente.
"O trabalho que temos feito nos permite admitir a possibilidade de encerrar o ano com toda folha de pagamento quitada dentro do mês", frisa Belivaldo, ao salientar que o governo estadual está antecipando o pagamento de 50% do 13º salário dos servidores, em parcelas mensais de 10%, pagas no dia 15 de cada mês, medida que injeta volume considerável de recursos financeiros a mais na economia sergipana e aquece o comércio tanto na capital quanto nos demais municípios sergipanos.

Para o governador do Es- tado, Belivaldo Chagas,  candidato à reeleição pela coligação Pra Sergipe Avançar, nos cinco meses de sua gestão à frente do Governo de Sergipe, a economia sergipana avançou positivamente, "resultado de muito esforço, compromisso e trabalho planejado".
Belivaldo explica que por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), seu governo promove acompanhamento diário da gestão de fluxo de caixa, está reduzindo despesas de custeio do Estado e adotando medidas para facilitar a vida dos cidadãos e contribuintes estaduais como a possibilidade de parcelamento para pagamento do IPVA e a alteração da metodologia de cálculo do ICMS para baratear o custo do diesel comum, do diesel S-10 e do gás de cozinha ao consumidor final.
"Em momento de crise financeira como a que estamos enfrentando atualmente, é preciso ter criatividade para gerir as finanças públicas, e isso se consegue com experiência de gestão, conhecimento profundo da máquina pública, requisitos estes que faltam aos meus adversários, àqueles que querem governar o Estado e pensam que gestão se faz com soluções mágicas. Portanto, repito: ser governador não é tarefa fácil e tampouco para qualquer um. É preciso ter preparo e competência administrativa e isso já mostrei que tenho nestes cinco meses em que estou governador do meu Estado", afirma Belivaldo.
A Sefaz, ao aplicar nova metodologia de cálculo para cobrança do ICMS de derivados de petróleo, fez com que, a partir desta segunda-feira (17), o preço médio do diesel comum e do diesel S-10, comercializado em Sergipe, seja mais barato que nos estados da Bahia e Alagoas. Essa iniciativa do Governo Belivaldo, ressalta o governador e candidato à reeleição, colabora com a redução do preço desses produtos para o consumidor final. 
Com essa medida, o preço médio (PMPF) a ser praticado em Sergipe passa a ser de R$ 3,310 (para diesel comum e diesel S-10), enquanto que no estado da Bahia os valores são de R$ 3,450 para o diesel comum e R$ 3,550 para o diesel S-10. Em Alagoas, o PMPF para o diesel comum será R$ 3,5236 e para o diesel S-10 R$ 3,6293.Assim como o preço médio do diesel em Sergipe reduziu com a mudança no cálculo do ICMS cobrado pelo Governo de Sergipe, completa Belivaldo, o gás de cozinha também sofre redução no preço do botijão de 13kg vendido ao consumidor final. 
"Isso aumenta a competitividade de Sergipe na comercialização do gás de cozinha, favorecendo nosso comércio, e facilita a vida das pessoas, que tanto têm sido penalizadas com as políticas desastrosas implantadas pelo governo de Temer na economia. Enquanto meus adversários prometem fazer isso e aquilo, sem explicar como, nós mostramos, com ações efetivas e concretas, sensíveis à população, o que já estamos fazendo e o que propomos para dar continuidade a recuperação de nossa economia e alavancar o desenvolvimento do Estado a partir de 2019", destaca o governador.
A partir do trabalho de planejamento executado pela Sefaz nos últimos cinco meses, Belivaldo afirma que, desde junho, 70% dos servidores públicos, ativos e inativos, recebem seus salários dentro do mês trabalhado, enquanto os demais até o dia 12 do mês subsequente.
"O trabalho que temos feito nos permite admitir a possibilidade de encerrar o ano com toda folha de pagamento quitada dentro do mês", frisa Belivaldo, ao salientar que o governo estadual está antecipando o pagamento de 50% do 13º salário dos servidores, em parcelas mensais de 10%, pagas no dia 15 de cada mês, medida que injeta volume considerável de recursos financeiros a mais na economia sergipana e aquece o comércio tanto na capital quanto nos demais municípios sergipanos.