Sete de Junho treina para encarar o Coritiba

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/09/2018 às 06:36:00

 

Com a classificação assegurada para a próxima fase do Campeonato Sergipano da Divisão A2, a equipe do Sete de Junho se prepara para encarar o Coritiba, na penúltima partida dessa fase de classificação. A equipe realizou na manhã desta quinta-feira (20), treino apronto para encarar o Coritiba, na tarde do próximo sábado (22), no Brejeirão. 
Os destaques do time na temporada são o goleiro Léo Murici e os meias Rhuan e Tiquinho. O time de Ado Almeida não terá baixas para encarar o "Coxa" sergipano.
Com dez pontos e ocupando a segunda posição do Grupo A o Galo do Rio Real precisa vencer o Coritiba para reassumir a posição de líder na atual temporada sergipana da divisão de acesso. Com um jogo a menos e sem baixas, o treinador Ado Almeida pretende explorar o máximo no que tem de melhor na equipe. 
Se depender da marcação, o time vem bem e só recebeu um gol até agora na fase de grupos. Tem no ataque um jovem artilheiro com três gols assinalados na competição. Com 20 anos, o atacante Alan Mancha, 1,80, revelado no interior paulista, leva tranquilidade ao setor ofensivo, que conta com o apoio de velhos conhecidos do futebol sergipano, a exemplo do goleiro Léo Murici e dos meias Rhuan e Tiquinho.
Na campanha, o Estanciano registra invencibilidade. Foram quatro jogos com três vitórias (Lagartense e Independente de Simão Dias duas vezes) e um empate contra o Coritiba, próximo adversário. Balançou a rede do oponente 14 vezes, sendo oito desses gols marcados no Brejeirão. Foi no seu próprio domínio que recebeu o único gol até o momento na competição. Sua "vítima" no grupo é a equipe do Independente. Foram 13 gols assinalados no time de Simão Dias, nos jogos de ida e volta. 
"O Sete de Junho vem bem no que se refere a parte tática e técnica. Os jogadores que foram contratados estão desempenhando muito bem, principalmente, os atacantes que chegaram como reforços, como é o caso do Alan Mancha, artilheiro do clube na competição. O Artur, que entrou no segundo tempo contra o Independente e marcou duas vezes, além do Leandro que vem correspondendo", avaliou Reni Valença, diretor de Futebol.

Com a classificação assegurada para a próxima fase do Campeonato Sergipano da Divisão A2, a equipe do Sete de Junho se prepara para encarar o Coritiba, na penúltima partida dessa fase de classificação. A equipe realizou na manhã desta quinta-feira (20), treino apronto para encarar o Coritiba, na tarde do próximo sábado (22), no Brejeirão. 
Os destaques do time na temporada são o goleiro Léo Murici e os meias Rhuan e Tiquinho. O time de Ado Almeida não terá baixas para encarar o "Coxa" sergipano.
Com dez pontos e ocupando a segunda posição do Grupo A o Galo do Rio Real precisa vencer o Coritiba para reassumir a posição de líder na atual temporada sergipana da divisão de acesso. Com um jogo a menos e sem baixas, o treinador Ado Almeida pretende explorar o máximo no que tem de melhor na equipe. 
Se depender da marcação, o time vem bem e só recebeu um gol até agora na fase de grupos. Tem no ataque um jovem artilheiro com três gols assinalados na competição. Com 20 anos, o atacante Alan Mancha, 1,80, revelado no interior paulista, leva tranquilidade ao setor ofensivo, que conta com o apoio de velhos conhecidos do futebol sergipano, a exemplo do goleiro Léo Murici e dos meias Rhuan e Tiquinho.
Na campanha, o Estanciano registra invencibilidade. Foram quatro jogos com três vitórias (Lagartense e Independente de Simão Dias duas vezes) e um empate contra o Coritiba, próximo adversário. Balançou a rede do oponente 14 vezes, sendo oito desses gols marcados no Brejeirão. Foi no seu próprio domínio que recebeu o único gol até o momento na competição. Sua "vítima" no grupo é a equipe do Independente. Foram 13 gols assinalados no time de Simão Dias, nos jogos de ida e volta. 
"O Sete de Junho vem bem no que se refere a parte tática e técnica. Os jogadores que foram contratados estão desempenhando muito bem, principalmente, os atacantes que chegaram como reforços, como é o caso do Alan Mancha, artilheiro do clube na competição. O Artur, que entrou no segundo tempo contra o Independente e marcou duas vezes, além do Leandro que vem correspondendo", avaliou Reni Valença, diretor de Futebol.