Cuiabá e Operário-PR decidem hoje a Série C

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/09/2018 às 07:00:00

 

A decisão do título da Série C tem todos os ingredientes necessários para se tornar um episódio notável do futebol nacional. Depois de um empate emocionante por 3 a 3 em Ponta Grossa, com confusão generalizada após o apito final, Operário-PR e Cuiabá jogam a rodada de volta da final às 19 horas deste sábado, em partida que deve bater o recorde de público da Arena Pantanal.
Como gols marcados fora de casa não contam como critério de desempate, qualquer igualdade no placar leva a decisão aos pênaltis, enquanto os dois times jogam por uma vitória simples para conquistar o título. Ambos estão garantidos na disputa da Série B de 2019, assim como Bragantino e Botafogo-SP.
Em uma atmosfera de rivalidade criada após a tensão do jogo no Paraná, o Cuiabá espera que o adversário sinta a pressão da torcida da casa. Os 41.153 ingressos colocados à disposição foram esgotados e a Arena Pantanal deve receber o melhor público de sua curta história. Até então, a marca era do jogo entre Nigéria e Bósnia, pela Copa do Mundo de 2014, com 40.499 presentes. No período pós-Copa, o maior público foi o da vitória por 1 a 0 do Goiás sobre o Flamengo, pelo Brasileirão de 2014, com 38.405.
A torcida cuiabana tem ainda outros motivos para se empolgar. A última vez em que enfrentou o Operário na Arena Pantanal no primeiro turno da fase de grupos, a equipe do Mato Grosso goleou os operarianos por 4 a 0, em jogo válido pela sexta rodada. 
Apesar do retrospecto sem vitórias contra o Cuiabá, o Operário também tem seus motivos para acreditar no título. Em um ano, o time disputou duas finais e levantou a taça nas duas oportunidades. Em setembro de 2017, foi campeão da Série D após conquistar o acesso à Série C. Oito meses depois, em maio da atual temporada, conquistou o título da Segunda Divisão Paranaense para coroar o retorno à elite estadual. Diante deste cenário, após três acessos seguidos, pode conseguir a marca de três títulos em sequência.

A decisão do título da Série C tem todos os ingredientes necessários para se tornar um episódio notável do futebol nacional. Depois de um empate emocionante por 3 a 3 em Ponta Grossa, com confusão generalizada após o apito final, Operário-PR e Cuiabá jogam a rodada de volta da final às 19 horas deste sábado, em partida que deve bater o recorde de público da Arena Pantanal.
Como gols marcados fora de casa não contam como critério de desempate, qualquer igualdade no placar leva a decisão aos pênaltis, enquanto os dois times jogam por uma vitória simples para conquistar o título. Ambos estão garantidos na disputa da Série B de 2019, assim como Bragantino e Botafogo-SP.
Em uma atmosfera de rivalidade criada após a tensão do jogo no Paraná, o Cuiabá espera que o adversário sinta a pressão da torcida da casa. Os 41.153 ingressos colocados à disposição foram esgotados e a Arena Pantanal deve receber o melhor público de sua curta história. Até então, a marca era do jogo entre Nigéria e Bósnia, pela Copa do Mundo de 2014, com 40.499 presentes. No período pós-Copa, o maior público foi o da vitória por 1 a 0 do Goiás sobre o Flamengo, pelo Brasileirão de 2014, com 38.405.
A torcida cuiabana tem ainda outros motivos para se empolgar. A última vez em que enfrentou o Operário na Arena Pantanal no primeiro turno da fase de grupos, a equipe do Mato Grosso goleou os operarianos por 4 a 0, em jogo válido pela sexta rodada. 
Apesar do retrospecto sem vitórias contra o Cuiabá, o Operário também tem seus motivos para acreditar no título. Em um ano, o time disputou duas finais e levantou a taça nas duas oportunidades. Em setembro de 2017, foi campeão da Série D após conquistar o acesso à Série C. Oito meses depois, em maio da atual temporada, conquistou o título da Segunda Divisão Paranaense para coroar o retorno à elite estadual. Diante deste cenário, após três acessos seguidos, pode conseguir a marca de três títulos em sequência.