Adolescente é morto a tiros e bebê sai ferido em Socorro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/09/2018 às 07:28:00

 

Um adolescente de 
17 anos foi morto a 
tiros na Rua 2 do Loteamento São Vicente, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), ao final da tarde de ontem. A vítima, identificada como Jamisson Belarmino Oliveira, carregava no colo uma criança de sete meses de idade e estava perto de sua residência, quando um homem passou por ele a bordo de uma moto e atirou várias vezes contra ele. 
O rapaz foi atingido na altura do peito e morreu a caminho do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), para onde chegou a ser socorrido. Policiais que atenderam a ocorrência afirmam que o bebê ficou ferido com um tiro na mão e teve escoriações causadas pela queda. Ele também foi levado para o Huse e passa bem, sem correr risco de morte. Equipes da Polícia Militar fizeram buscas na região e encontraram a moto usada no crime, que tinha sido abandonada em uma rua do loteamento. O Departamento de Homicídios (DHPP) da Polícia Civil investiga o caso e ainda não tem pistas sobre a autoria do crime.

Um adolescente de  17 anos foi morto a  tiros na Rua 2 do Loteamento São Vicente, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), ao final da tarde de ontem. A vítima, identificada como Jamisson Belarmino Oliveira, carregava no colo uma criança de sete meses de idade e estava perto de sua residência, quando um homem passou por ele a bordo de uma moto e atirou várias vezes contra ele. 
O rapaz foi atingido na altura do peito e morreu a caminho do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), para onde chegou a ser socorrido. Policiais que atenderam a ocorrência afirmam que o bebê ficou ferido com um tiro na mão e teve escoriações causadas pela queda. Ele também foi levado para o Huse e passa bem, sem correr risco de morte. Equipes da Polícia Militar fizeram buscas na região e encontraram a moto usada no crime, que tinha sido abandonada em uma rua do loteamento. O Departamento de Homicídios (DHPP) da Polícia Civil investiga o caso e ainda não tem pistas sobre a autoria do crime.