Vulcão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Música com guitarras made in Sergipe
Música com guitarras made in Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/09/2018 às 20:15:00

 

Murro em ponta de faca é com Julico mesmo. Quem vê o guitarrista quebrando tudo em cima do palco certamente não tem um pingo de dúvida sobre o acerto da escolha realizada há mais de dez anos, quando um menino de São Cristóvão atou o próprio destino às seis cordas de um Kashima vagabundo, decidido a colocar o cotidiano de uma cidade esquecida no mapa da música independente brasileira.
Um caminho de pedras, percorrido com a cara e a coragem. Na marra. E que ninguém sabe ainda onde vai dar. Aparentemente, o céu é o limite. Hoje, às vésperas de lançar o quarto disco oficial, The Baggios é patrimônio do rock brazuca, reconhecido nos quatro cantos do País, o principal nome da música com guitarras made in Sergipe, com uma indicação ao Grammy na ficha corrida.
'Vulcão', no entanto, é ainda uma incógnita. Os Baggios (além de Julico, a banda é formada pelo batera Gabriel Perninha e Rafa Ramos, oficializado nos teclados) se dizem muito satisfeitos. E, a julgar por tudo o que eles já aprontaram, ninguém perde por esperar. O JORNAL DO DIA acompanha essa história desde os primeiros passos. E agora pode se dar ao luxo de arriscar o resumo da ópera.

Murro em ponta de faca é com Julico mesmo. Quem vê o guitarrista quebrando tudo em cima do palco certamente não tem um pingo de dúvida sobre o acerto da escolha realizada há mais de dez anos, quando um menino de São Cristóvão atou o próprio destino às seis cordas de um Kashima vagabundo, decidido a colocar o cotidiano de uma cidade esquecida no mapa da música independente brasileira.
Um caminho de pedras, percorrido com a cara e a coragem. Na marra. E que ninguém sabe ainda onde vai dar. Aparentemente, o céu é o limite. Hoje, às vésperas de lançar o quarto disco oficial, The Baggios é patrimônio do rock brazuca, reconhecido nos quatro cantos do País, o principal nome da música com guitarras made in Sergipe, com uma indicação ao Grammy na ficha corrida.
'Vulcão', no entanto, é ainda uma incógnita. Os Baggios (além de Julico, a banda é formada pelo batera Gabriel Perninha e Rafa Ramos, oficializado nos teclados) se dizem muito satisfeitos. E, a julgar por tudo o que eles já aprontaram, ninguém perde por esperar. O JORNAL DO DIA acompanha essa história desde os primeiros passos. E agora pode se dar ao luxo de arriscar o resumo da ópera.