40 crianças soropositivas assistem à sessão de cinema pela primeira vez

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Almir Santana, gerente  do programa IST/AIDS
Almir Santana, gerente do programa IST/AIDS

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/09/2018 às 06:59:00

 

Nesta terça- feira (25), às 14h, o  gerente do Programa IST/AIDS, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Almir Santana, levará 40 crianças soropositivas do interior do estado que   nunca estiveram no cinema para assistir a um filme infantil, no shopping Jardins. A iniciativa, segundo o médico da SES, tem como objetivo  oportunizar um momento de lazer, já que a maioria vive em situação de pobreza.
Para organizar a  ida ao cinema, além do médico, também fez parte da organização  a representante das mulheres soropositivas do Estado, Fátima Souza, que por estar engajada, estabelece comunicação com as mães das crianças. Embora habituado a realizar essas ações, O médico Almir Santana confessa que é a primeira vez que o destino é o cinema.
 "É um momento muito grande de felicidade viabilizar essa oportunidade a elas, principalmente porque as crianças não conheciam o shopping e nunca foram ao cinema. Será um dia que certamente marcará a vida delas.  Em outras ocasiões já levei várias crianças para visitarem outros locais, mas para o cinema é a primeira vez", revela Almir Santana.
Fátima Souza  destaca a importância da mobilização para as mães e crianças.  "Considero esse momento como um ato de inclusão social. Nós já tivemos outros eventos com  ações culturais. A tarde de cinema das crianças com as mães, além de ser bom para os pequenos, também as aproximam de suas mães, o que é  muito edificante. Além do lazer conversamos com mães sobre o quão é crucial a adesão ao tratamento e também mostramos que ter o vírus não interfere na participação social", contextualiza.
O gerente  do programa IST/AIDS alerta sobre os direitos das pessoas que tem HIV."Nós precisamos pensar que as pessoas que tem HIV têm direito como as outras pessoas, nem sempre elas têm esse acesso, então nós vamos proporcionar", conta o médico.

Nesta terça- feira (25), às 14h, o  gerente do Programa IST/AIDS, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Almir Santana, levará 40 crianças soropositivas do interior do estado que   nunca estiveram no cinema para assistir a um filme infantil, no shopping Jardins. A iniciativa, segundo o médico da SES, tem como objetivo  oportunizar um momento de lazer, já que a maioria vive em situação de pobreza.
Para organizar a  ida ao cinema, além do médico, também fez parte da organização  a representante das mulheres soropositivas do Estado, Fátima Souza, que por estar engajada, estabelece comunicação com as mães das crianças. Embora habituado a realizar essas ações, O médico Almir Santana confessa que é a primeira vez que o destino é o cinema.
 "É um momento muito grande de felicidade viabilizar essa oportunidade a elas, principalmente porque as crianças não conheciam o shopping e nunca foram ao cinema. Será um dia que certamente marcará a vida delas.  Em outras ocasiões já levei várias crianças para visitarem outros locais, mas para o cinema é a primeira vez", revela Almir Santana.
Fátima Souza  destaca a importância da mobilização para as mães e crianças.  "Considero esse momento como um ato de inclusão social. Nós já tivemos outros eventos com  ações culturais. A tarde de cinema das crianças com as mães, além de ser bom para os pequenos, também as aproximam de suas mães, o que é  muito edificante. Além do lazer conversamos com mães sobre o quão é crucial a adesão ao tratamento e também mostramos que ter o vírus não interfere na participação social", contextualiza.
O gerente  do programa IST/AIDS alerta sobre os direitos das pessoas que tem HIV."Nós precisamos pensar que as pessoas que tem HIV têm direito como as outras pessoas, nem sempre elas têm esse acesso, então nós vamos proporcionar", conta o médico.