Conheça o Projeto Skate Criança, que leva o esporte a orfanatos e favelas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/09/2018 às 06:36:00

 

O Projeto Skate Criança foi fundado em 1998 com o objetivo de integrar grupos sociais e instruir crianças e adolescentes através do esporte com clínicas de skate. O pai de Fernanda Creazzo, um dos nomes mais conhecidos do skateboard brasileiro, foi o idealizador da iniciativa.
"Tínhamos como parceiros a ONG da Mamãe (Associação de Assistência à criança Santamarense), que durou 8 anos. Fazíamos uma vez por ano a 'Ação com Ação', onde reuníamos parceiros locais e fazíamos um dia bem legal para as crianças. Costumávamos doar mensalmente skates e equipamentos de segurança para as crianças da escolinha. Passavam pela escolinha 800 crianças por mês", lembra Fernanda, que é instrutora e empresária de skate, digital influencer, além de atleta de boardsports como surfe, skate, wakeboard e snowboard.

O Projeto Skate Criança foi fundado em 1998 com o objetivo de integrar grupos sociais e instruir crianças e adolescentes através do esporte com clínicas de skate. O pai de Fernanda Creazzo, um dos nomes mais conhecidos do skateboard brasileiro, foi o idealizador da iniciativa.
"Tínhamos como parceiros a ONG da Mamãe (Associação de Assistência à criança Santamarense), que durou 8 anos. Fazíamos uma vez por ano a 'Ação com Ação', onde reuníamos parceiros locais e fazíamos um dia bem legal para as crianças. Costumávamos doar mensalmente skates e equipamentos de segurança para as crianças da escolinha. Passavam pela escolinha 800 crianças por mês", lembra Fernanda, que é instrutora e empresária de skate, digital influencer, além de atleta de boardsports como surfe, skate, wakeboard e snowboard.