Idoso de 78 anos é morto a facadas pelo enteado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/09/2018 às 07:02:00

 

O aposentado José 
Maciel dos Santos, 
78 anos, foi assassinado por volta das 7h de ontem, dentro de sua própria residência, no Jardim Centenário (zona oeste da capital). Ele morreu depois de ser atingido por várias facadas na altura do peito e do abdômen. De acordo com a Polícia Militar, o autor do crime é um enteado da vítima, Cleverton dos Santos, 40 anos, e seria portador de transtornos mentais. Ele foi preso em flagrante no próprio local do crime. 
O homicídio aconteceu depois de uma discussão entre Cleverton e a mãe, que se desentenderam. Durante o conflito, o homem se armou com uma faca e atacou Maciel, que tinha acabado de acordar e foi atingido por vários golpes. A mulher da vítima ainda tentou intervir para impedir o crime, mas acabou ferida e sofreu um corte na mão. Os vizinhos das vítimas acordaram com os gritos de socorro e chamaram a polícia. O idoso, por sua vez, morreu antes da chegada do socorro médico. 
Cleverton permaneceu no local até a chegada da PM e foi detido em flagrante, ainda com as roupas sujas de sangue. Ele foi levado para a Delegacia Plantonista Norte, no Santos Dumont (zona norte) e autuado em flagrante por homicídio. O acusado será apresentado na manhã de hoje em audiência de custódia. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ainda apura a real motivação do crime. 
Reação – Em Itabaiana (Agreste) um jovem de 18 anos foi morto a tiros por volta das 5h de ontem. De acordo com informações da PM, ele e outro indivíduo estavam a bordo de uma moto e realizavam um assalto a pessoas que esperavam transporte às margens da BR-235, no bairro Oviêdo Teixeira, em Itabaiana, nas proximidades do pórtico da entrada do município.
Testemunhas informaram que, no momento do assalto, um homem não identificado que passava pelo local viu a abordagem, sacou uma pistola e disparou vários tiros contra a dupla. O garupa foi atingido e morreu no local. O jovem residia no bairro Eucalipto, na mesma região onde aconteceu o fato e segundo familiares trabalhava no Mercadão de Itabaiana. O indivíduo que estava com ele conseguiu fugir e o autor dos disparos ainda não foi identificado. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Itabaiana.

O aposentado José  Maciel dos Santos,  78 anos, foi assassinado por volta das 7h de ontem, dentro de sua própria residência, no Jardim Centenário (zona oeste da capital). Ele morreu depois de ser atingido por várias facadas na altura do peito e do abdômen. De acordo com a Polícia Militar, o autor do crime é um enteado da vítima, Cleverton dos Santos, 40 anos, e seria portador de transtornos mentais. Ele foi preso em flagrante no próprio local do crime. 
O homicídio aconteceu depois de uma discussão entre Cleverton e a mãe, que se desentenderam. Durante o conflito, o homem se armou com uma faca e atacou Maciel, que tinha acabado de acordar e foi atingido por vários golpes. A mulher da vítima ainda tentou intervir para impedir o crime, mas acabou ferida e sofreu um corte na mão. Os vizinhos das vítimas acordaram com os gritos de socorro e chamaram a polícia. O idoso, por sua vez, morreu antes da chegada do socorro médico. 
Cleverton permaneceu no local até a chegada da PM e foi detido em flagrante, ainda com as roupas sujas de sangue. Ele foi levado para a Delegacia Plantonista Norte, no Santos Dumont (zona norte) e autuado em flagrante por homicídio. O acusado será apresentado na manhã de hoje em audiência de custódia. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ainda apura a real motivação do crime. 

Reação – Em Itabaiana (Agreste) um jovem de 18 anos foi morto a tiros por volta das 5h de ontem. De acordo com informações da PM, ele e outro indivíduo estavam a bordo de uma moto e realizavam um assalto a pessoas que esperavam transporte às margens da BR-235, no bairro Oviêdo Teixeira, em Itabaiana, nas proximidades do pórtico da entrada do município.
Testemunhas informaram que, no momento do assalto, um homem não identificado que passava pelo local viu a abordagem, sacou uma pistola e disparou vários tiros contra a dupla. O garupa foi atingido e morreu no local. O jovem residia no bairro Eucalipto, na mesma região onde aconteceu o fato e segundo familiares trabalhava no Mercadão de Itabaiana. O indivíduo que estava com ele conseguiu fugir e o autor dos disparos ainda não foi identificado. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Itabaiana.