Reforma da Orla Pôr do Sol Cleomar Brandi deve ser entregue em dezembro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/09/2018 às 07:09:00

 

 A reforma da Orla Jornalista Cleomar Brandi, também conhecida como Pôr do Sol, em Aracaju, está com cerca de 40% dos serviços excetuados. Atualmente, aproximadamente 45 pessoas trabalham na recuperação do espaço que representa um dos mais importantes cartões postais de Sergipe. As obras visam oferecer maior conforto e acessibilidade à população sergipana e turistas que visitam o local, favorecendo o turismo local. 
Às margens do rio Vaza Barris, no povoado Mosqueiro, a reforma executada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), é fruto de investimentos que totalizam R$ 1.821.392,44. Os recursos são oriundos do Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), viabilizado por uma linha de crédito entre o governo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID).
De acordo o arquiteto e coordenador de Infraestrutura do Prodetur no estado, Rafael Corona, a previsão de conclusão da obra é para o mês de dezembro deste ano. “A nossa equipe trabalha com várias frentes de trabalho. O guarda-corpos está com quase 80% do serviço finalizado, o deck de madeira com 60% e o atracadouro está praticamente concluído. Estamos ampliando as obras dos banheiros, a tubulação já foi passada em toda orla para iluminação, falta apenas os detalhes e a tubulação das câmeras de segurança também já está conectada com a edificação da polícia. Já fizemos os teste de pintura e no próximo mês já começaremos a fazer as pinturas do piso e dos painéis. No próximo mês teremos um avanço e pretendemos chegar a 60% de execução.
Entre os benefícios estão previstos a reforma total do píer existente; melhorias na iluminação pública; reforma no calçadão da orla (500m); instalação de novos banheiros públicos (masculino e feminino); instalação de sistema de segurança; recuperação estrutural do quiosque do pescado e de todo muro de gabião; instalação de chuveirões (2 núcleos com 2 chuveiros cada); construção de um atracadouro flutuante para lanchas; balizamento restrito para área de banho. A área total de intervenções é de 9.265,50 m², em 500m de extensão.

 A reforma da Orla Jornalista Cleomar Brandi, também conhecida como Pôr do Sol, em Aracaju, está com cerca de 40% dos serviços excetuados. Atualmente, aproximadamente 45 pessoas trabalham na recuperação do espaço que representa um dos mais importantes cartões postais de Sergipe. As obras visam oferecer maior conforto e acessibilidade à população sergipana e turistas que visitam o local, favorecendo o turismo local. 
Às margens do rio Vaza Barris, no povoado Mosqueiro, a reforma executada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), é fruto de investimentos que totalizam R$ 1.821.392,44. Os recursos são oriundos do Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), viabilizado por uma linha de crédito entre o governo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID).
De acordo o arquiteto e coordenador de Infraestrutura do Prodetur no estado, Rafael Corona, a previsão de conclusão da obra é para o mês de dezembro deste ano. “A nossa equipe trabalha com várias frentes de trabalho. O guarda-corpos está com quase 80% do serviço finalizado, o deck de madeira com 60% e o atracadouro está praticamente concluído. Estamos ampliando as obras dos banheiros, a tubulação já foi passada em toda orla para iluminação, falta apenas os detalhes e a tubulação das câmeras de segurança também já está conectada com a edificação da polícia. Já fizemos os teste de pintura e no próximo mês já começaremos a fazer as pinturas do piso e dos painéis. No próximo mês teremos um avanço e pretendemos chegar a 60% de execução.
Entre os benefícios estão previstos a reforma total do píer existente; melhorias na iluminação pública; reforma no calçadão da orla (500m); instalação de novos banheiros públicos (masculino e feminino); instalação de sistema de segurança; recuperação estrutural do quiosque do pescado e de todo muro de gabião; instalação de chuveirões (2 núcleos com 2 chuveiros cada); construção de um atracadouro flutuante para lanchas; balizamento restrito para área de banho. A área total de intervenções é de 9.265,50 m², em 500m de extensão.