Geraldo elogia desempenho do elenco do CSM

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/10/2018 às 06:12:00

 

Indiscutivelmente a equipe do Maruinense se apresente como a melhor equipe da Divisão A2, uma séria concorrente para conquista do acesso. Vale lembrar que este ano a Divisão A2 abre apenas uma vaga para o acesso à Divisão Especial em 2019. O Maruinense pode até não chegar lá, sofrer um acidente de percurso e cair de produção. Mas é um sério concorrente.  
O time tem como técnico o jovem e estreante na profissão, Geraldo Moreira que começou como coordenador técnico do Confiança. O trabalho de Geraldo Moreira vem recebendo os maiores elogios dos dirigentes e torcedo4res do Fantasminha. Geraldo fala a linguagem do "boleiro" daí a facilidade de se comunicar com o elenco e passar seus ensinamentos e conta com jogadores experientes, como o veterano Ney Maruim, autor de um dos gols na vitória contra o Canindé.
- Tivemos um grande desempenho. Uma das melhores campanhas da primeira fase. Foram oito jogos, seis vitórias e dois empates e agora é confirmar no mata-mata. É uma competição muito disputada, com uma garotada aí jovem, muita correria, futebol de velocidade, onde se apronta muito mais correria do que a parte tática, mas todos demonstrando muita disposição para ganhar os jogos - comentou o G10.
Sobre a vitória contra o Canindé, Geraldo disse que gostou do rendimento da equipe e fez uma ressalva no gol de empate, quando o setor defensivo ficou olhando o zagueiro Pedro Carlos empatar o jogo. "Depois o time voltou a se impor dentro de campo, marcando os gols e confirmando a classificação para semifinal", disse o treinador, que agora é esperar a definição entre Guarany e Santa Cruz para saber quem é o próximo adversário.
O treinador fala sobre o futebol alegre e agressivo do Maruinense e da sua experiência como treinador.
 - Trata-se de um time que sabe o que quer dentro de campo. Com a bola o time é ofensivo e objetivo à procura do gol. Sem ela temos que correr atrás até se organizar. É um time que pratica um futebol moderno.  Ser treinador tem sido uma experiência muito boa, em que eu estou conseguindo colocar em prática, tudo que eu venho aprendendo ao longo da minha carreira e os cursos que eu venho fazendo para me aprimorar. Os jogadores querendo aprender, se dedicando, e eu espero que no final esse trabalho possa ser coroado com o título e com o acesso para a primeira divisão - concluiu Geraldo. 

Indiscutivelmente a equipe do Maruinense se apresente como a melhor equipe da Divisão A2, uma séria concorrente para conquista do acesso. Vale lembrar que este ano a Divisão A2 abre apenas uma vaga para o acesso à Divisão Especial em 2019. O Maruinense pode até não chegar lá, sofrer um acidente de percurso e cair de produção. Mas é um sério concorrente.  
O time tem como técnico o jovem e estreante na profissão, Geraldo Moreira que começou como coordenador técnico do Confiança. O trabalho de Geraldo Moreira vem recebendo os maiores elogios dos dirigentes e torcedo4res do Fantasminha. Geraldo fala a linguagem do "boleiro" daí a facilidade de se comunicar com o elenco e passar seus ensinamentos e conta com jogadores experientes, como o veterano Ney Maruim, autor de um dos gols na vitória contra o Canindé.
- Tivemos um grande desempenho. Uma das melhores campanhas da primeira fase. Foram oito jogos, seis vitórias e dois empates e agora é confirmar no mata-mata. É uma competição muito disputada, com uma garotada aí jovem, muita correria, futebol de velocidade, onde se apronta muito mais correria do que a parte tática, mas todos demonstrando muita disposição para ganhar os jogos - comentou o G10.
Sobre a vitória contra o Canindé, Geraldo disse que gostou do rendimento da equipe e fez uma ressalva no gol de empate, quando o setor defensivo ficou olhando o zagueiro Pedro Carlos empatar o jogo. "Depois o time voltou a se impor dentro de campo, marcando os gols e confirmando a classificação para semifinal", disse o treinador, que agora é esperar a definição entre Guarany e Santa Cruz para saber quem é o próximo adversário.
O treinador fala sobre o futebol alegre e agressivo do Maruinense e da sua experiência como treinador.
 - Trata-se de um time que sabe o que quer dentro de campo. Com a bola o time é ofensivo e objetivo à procura do gol. Sem ela temos que correr atrás até se organizar. É um time que pratica um futebol moderno.  Ser treinador tem sido uma experiência muito boa, em que eu estou conseguindo colocar em prática, tudo que eu venho aprendendo ao longo da minha carreira e os cursos que eu venho fazendo para me aprimorar. Os jogadores querendo aprender, se dedicando, e eu espero que no final esse trabalho possa ser coroado com o título e com o acesso para a primeira divisão - concluiu Geraldo.