Prefeitura de São Cristóvão lança programação do 35º FASC

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ANÚNCIO FOI FEITO PELO PREFEITO MARCOS SANTANA
O ANÚNCIO FOI FEITO PELO PREFEITO MARCOS SANTANA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/10/2018 às 06:20:00

 

Quinta-feira (15 de novembro)
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Projeto Musical Breaktime Red Bull.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Mostra Aliança Francesa - com finalistas do Festival da Canção Francesa.
Cortejo: Banda de Pífano de Aracaju, Caceteiras de Mestre Rindú, Samba de Pareia de Laranjeiras.
 
Sexta-feira (16 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Lira Sancristovense, Samba do Arnesto, The Baggios, Baiana System, DJ Vinicius Big John.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Samba de Coco da Ilha Grande, Sergival, Luedji  Luna, Coutto Orquestra.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Vinícius Crispim, Dami Dória Quarteto, Bob Lelis e a Rural do Forró.
Cortejos: Samba de Coco da Mussuca, Parafuso, Afro Reggae, Oxalufã.
Igreja do Rosário: Renantique, DTabebuia Duo.
 
Sábado (17 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Orquestra de Atabaques de Sergipe, Quinteto de Metais Del Rey, Lenine, Céu, DJ Kaska.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Samba de Moça Só, Casco, Banda Eddie, Kilodoinhame.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Voodoo Cigano, Arthur Matos, KombiSoul.
Cortejos: Reisado de São Cristóvão, Carimbó, Banda de Fanfarra Araceles, Banda de Afoxé Omo Oxum.
Igreja do Rosário: Vozes da Vitória, Guga Montalvão.
 
Domingo (18 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Orquestra Cajuína, Cidade Dormitório, Chico César, Mart'Nália.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Anne Karol e Os Afrodrums, Patrícia Polayne, Rincon Sapiência, Papudo Gil e Banda.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Pífano de Pife, Luno Torres.
Cortejos: Samba de Coco da Paz, Taieiras de São Cristóvão, Afoxé de Preto.
Igreja do Rosário: Tríade BR, Grupo Chorinho Cidade Histórica.

Na manhã da última segunda-feira, o Prefeito Marcos Santana lançou a programação oficial do 35º Festival de Artes de São Cristóvão (FASC). Com um café da manhã para a imprensa e convidados, no Paço Municipal, Centro Histórico, o gestor municipal contou todos os detalhes sobre a realização do evento cultural mais importante do Estado.

 "Não sei se todos compreendem a dimensão do FASC, mas para nós ele tem uma importância que não conseguimos mensurar. O nosso festival não é uma festinha do interior. É o maior evento cultural e artístico de Sergipe e um dos maiores do nordeste brasileiro, por isto o esforço extraordinário para realizá-lo".

A secretária de governo e relações comunitária de São Cristóvão, Paola Santana comentou sobre as expectativas para o festival, que acontecerá nos dias 15,16,17 e 18 de novembro. "Esperamos dobrar o número de participantes e visitantes no evento. A programação está bem diversificada, inserimos mais artistas nordestinos e mais artistas femininas. A ideia é que o FASC também seja uma vitrine para artistas que estão começando", observou.

Lauro Francis, baixista da Cidade Dormitório enfatizou a importância do grupo se apresentar mais uma vez no FASC. "Nascemos no Grande Rosa Elze e estamos felizes de participar outra vez do evento, agora no palco principal dividindo a energia com um público muito maior. Cantar para o público da nossa cidade, do nosso estado é importante demais. Vamos mostrar musicas do nosso primeiro disco e algumas canções do novo disco, que estamos em gravação, tudo 100% autoral", contou.

 Apoiando e endossando o FASC desde o lançamento, na década de 70, a Universidade Federal de Sergipe (UFS) fará parte como parceira na organização do evento. Representando o reitor da Universidade Federal de Sergipe, Angelo Roberto Antoniolli, a pró-reitora de extensão Alaíde Hermínia enfatizou o papel da instituição dentro de São Cristóvão, enaltecendo a relação que vem sendo construída com a gestão do prefeito Marcos Santana. 

"O FASC é um grande momento que traz desenvolvimento para a cidade. Acompanhamos essa revitalização do festival, através da fomentação da economia criativa. O evento, que começou na UFS, hoje pertence a todos os sancristovenses e ao povo sergipano".

Confira a programação musical do Fasc 2018:

Quinta-feira (15 de novembro)

Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Projeto Musical Breaktime Red Bull.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Mostra Aliança Francesa - com finalistas do Festival da Canção Francesa.
Cortejo: Banda de Pífano de Aracaju, Caceteiras de Mestre Rindú, Samba de Pareia de Laranjeiras.

 Sexta-feira (16 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Lira Sancristovense, Samba do Arnesto, The Baggios, Baiana System, DJ Vinicius Big John.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Samba de Coco da Ilha Grande, Sergival, Luedji  Luna, Coutto Orquestra.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Vinícius Crispim, Dami Dória Quarteto, Bob Lelis e a Rural do Forró.
Cortejos: Samba de Coco da Mussuca, Parafuso, Afro Reggae, Oxalufã.
Igreja do Rosário: Renantique, DTabebuia Duo.

 Sábado (17 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Orquestra de Atabaques de Sergipe, Quinteto de Metais Del Rey, Lenine, Céu, DJ Kaska.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Samba de Moça Só, Casco, Banda Eddie, Kilodoinhame.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Voodoo Cigano, Arthur Matos, KombiSoul.
Cortejos: Reisado de São Cristóvão, Carimbó, Banda de Fanfarra Araceles, Banda de Afoxé Omo Oxum.
Igreja do Rosário: Vozes da Vitória, Guga Montalvão.

 Domingo (18 de novembro)
Palco João Bebe-Água (Praça São Francisco): Orquestra Cajuína, Cidade Dormitório, Chico César, Mart'Nália.
Palco Frei Santa Cecília (Praça do Carmo): Anne Karol e Os Afrodrums, Patrícia Polayne, Rincon Sapiência, Papudo Gil e Banda.
Beco do Amor (Largo do Amparo): Pífano de Pife, Luno Torres.
Cortejos: Samba de Coco da Paz, Taieiras de São Cristóvão, Afoxé de Preto.
Igreja do Rosário: Tríade BR, Grupo Chorinho Cidade Histórica.