Polícia Civil elucida latrocínio em Estância e prende dois suspeitos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/10/2018 às 06:38:00

 

A Polícia Civil de Estância prendeu Regival Souza Santos, 23 anos, e apreendeu um adolescente, acusados de serem os autores do latrocínio que vitimou Erder Jesus dos Santos, de 35 anos, no conjunto Albano Franco, em Estância. O crime ocorreu no último domingo. Segundo o delegado Allan Faustino, após as investigações, os acusados foram identificados e detidos nessa segunda-feira, 1º. Com o adolescente, foi encontrada a arma de fogo utilizada no crime.
De acordo com o delegado, Regival pretendia executar outra pessoa, a qual ele teria como desafeto. Entretanto, o acusado abordou Erder, que estava acompanhado de uma amiga. Ao perceber que não se tratava da mesma pessoa, o acusado decidiu roubá-lo, subtraindo dinheiro e dois aparelhos celulares.
Após a o roubo, Regival se aproximou e disparou diversas vezes contra a vítima, que veio a óbito no local. O acusado será encaminhado para uma delegacia da capital, onde ficará custodiado até a decisão das medidas judiciais cabíveis. As investigações também contaram com as equipes dos delegados Vivianne Jardim e Cledson Ferreira.

A Polícia Civil de Estância prendeu Regival Souza Santos, 23 anos, e apreendeu um adolescente, acusados de serem os autores do latrocínio que vitimou Erder Jesus dos Santos, de 35 anos, no conjunto Albano Franco, em Estância. O crime ocorreu no último domingo. Segundo o delegado Allan Faustino, após as investigações, os acusados foram identificados e detidos nessa segunda-feira, 1º. Com o adolescente, foi encontrada a arma de fogo utilizada no crime.
De acordo com o delegado, Regival pretendia executar outra pessoa, a qual ele teria como desafeto. Entretanto, o acusado abordou Erder, que estava acompanhado de uma amiga. Ao perceber que não se tratava da mesma pessoa, o acusado decidiu roubá-lo, subtraindo dinheiro e dois aparelhos celulares.
Após a o roubo, Regival se aproximou e disparou diversas vezes contra a vítima, que veio a óbito no local. O acusado será encaminhado para uma delegacia da capital, onde ficará custodiado até a decisão das medidas judiciais cabíveis. As investigações também contaram com as equipes dos delegados Vivianne Jardim e Cledson Ferreira.