Jackson recebe apoio de moradores da zona norte

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Manifestação no bairro Cidade Nova, zona norte de Aracaju
Manifestação no bairro Cidade Nova, zona norte de Aracaju

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/10/2018 às 06:53:00

 

Nesta noite da última segunda-feira (01), antes das eleições, a carreata 155 mais uma vez passou por Aracaju. Desta vez, os candidatos Jackson Barreto e Belivaldo Chagas, ao lado do prefeito Edvaldo Nogueira, percorreram os bairros 18 do Forte, Santos Dumont, Pau Ferro, Palestina e Cidade Nova. Assim como em todas as anteriores, o contato direto com o povo tem como objetivo principal aproximar os gestores da população e conferir de perto suas reais necessidades.
Entre as demonstrações de carinho, a cada rua que a carreata passava a certeza de que a Zona Norte de Aracaju está com o time de Jackson e Belivaldo. "É muito gratificante para um homem público, com a história política como a minha, receber esse apoio. Essas manifestações apenas confirmam que eu ainda posso fazer mais pelo meu povo, que estamos no rumo certo, no rumo que fará Sergipe superar os desafios e continuar avançando. E aqui em Aracaju, estaremos ao lado de Edvaldo Nogueira e de Belivaldo Chagas, lutando para enviar do Senado Federal os recursos necessários para que nossa capital volte a ser chamada de 'a capital da qualidade de vida'", declarou Jackson.
Na capital, JB investiu em todas as áreas, desde a Educação, aplicando mais de R$ 17 milhões em reformas de escolas, passando pela Infraestrutura, a exemplo do Novo corredor da Zona Norte, onde foram investidos R$ 22,4 milhões e das obras de saneamento básico na Grande Aracaju, investimento que supera os R$ 500 milhões. Jackson também investiu na segurança da capital ao interior, entregando 32 bases móveis e modernizando o sistema de comunicação digital.
 "Assim como fiz enquanto prefeito e governador, quero dar a minha contribuição como senador por Sergipe, destinando emendas para realização de obras importantes para o nosso estado e nossa capital. Da mesma forma, lutarei para defender meu povo, como fiz com essa perseguição política que sofremos com o governo Temer e seus aliados. Um exemplo dessa perseguição é o não cumprimento da emenda impositiva de R$ 50 milhões destinados para a área da Saúde e que, desde o mês de junho, ainda não chegou para aliviar a situação de quem depende dos nossos hospitais, principalmente do Huse", afirmou o candidato 155.

Nesta noite da última segunda-feira (01), antes das eleições, a carreata 155 mais uma vez passou por Aracaju. Desta vez, os candidatos Jackson Barreto e Belivaldo Chagas, ao lado do prefeito Edvaldo Nogueira, percorreram os bairros 18 do Forte, Santos Dumont, Pau Ferro, Palestina e Cidade Nova. Assim como em todas as anteriores, o contato direto com o povo tem como objetivo principal aproximar os gestores da população e conferir de perto suas reais necessidades.
Entre as demonstrações de carinho, a cada rua que a carreata passava a certeza de que a Zona Norte de Aracaju está com o time de Jackson e Belivaldo. "É muito gratificante para um homem público, com a história política como a minha, receber esse apoio. Essas manifestações apenas confirmam que eu ainda posso fazer mais pelo meu povo, que estamos no rumo certo, no rumo que fará Sergipe superar os desafios e continuar avançando. E aqui em Aracaju, estaremos ao lado de Edvaldo Nogueira e de Belivaldo Chagas, lutando para enviar do Senado Federal os recursos necessários para que nossa capital volte a ser chamada de 'a capital da qualidade de vida'", declarou Jackson.
Na capital, JB investiu em todas as áreas, desde a Educação, aplicando mais de R$ 17 milhões em reformas de escolas, passando pela Infraestrutura, a exemplo do Novo corredor da Zona Norte, onde foram investidos R$ 22,4 milhões e das obras de saneamento básico na Grande Aracaju, investimento que supera os R$ 500 milhões. Jackson também investiu na segurança da capital ao interior, entregando 32 bases móveis e modernizando o sistema de comunicação digital.
 "Assim como fiz enquanto prefeito e governador, quero dar a minha contribuição como senador por Sergipe, destinando emendas para realização de obras importantes para o nosso estado e nossa capital. Da mesma forma, lutarei para defender meu povo, como fiz com essa perseguição política que sofremos com o governo Temer e seus aliados. Um exemplo dessa perseguição é o não cumprimento da emenda impositiva de R$ 50 milhões destinados para a área da Saúde e que, desde o mês de junho, ainda não chegou para aliviar a situação de quem depende dos nossos hospitais, principalmente do Huse", afirmou o candidato 155.