Francielly Machado participa de projeto da FIG

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2018 às 06:44:00

 

A convite de Morinari Watanabe, presidente da FIG (Federação Internacional de Ginástica), a brasileira Francielly Machado foi a Takasaki City no Japão e participou de reuniões nos dias 27 a 28 de setembro 2018, do Projeto de Reforma da Ginástica Rítmica. Francielly já havia participado de uma reunião na Turquia, em maio, por indicação da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica). Sua atuação levou a um novo convite, desta vez por parte da FIG.
"Está sendo uma experiência incrível poder fazer parte dessa mudança. Estou muito feliz porque está sendo importante para mim e para o Brasil. Está sendo feito um trabalho para a melhoria do esporte. Todos se preocupam com cada detalhe que possa agregar para que a Ginástica Rítmica seja ainda mais linda, mais vista e agradável ao público", afirmou a ex-atleta. 
Francielly, de 22 anos, construiu uma carreira de sucesso na Ginástica Rítmica brasileira. Ela começou a praticar a modalidade na infância por diversão e prosperou lutando muito para atingir seus objetivos. Em 2013 chegou pela primeira vez à Seleção Brasileira de Conjunto. Na primeira competição com a equipe, conquistou a medalha de bronze na Copa do Mundo, em Minsk, na apresentação com três bolas e duas fitas. O resultado se tornou um marco para a GR nacional, já que foi a primeira medalha de uma equipe latino-americana na história da competição. Francielly disputou quatro Campeonatos Mundiais e disputou os Jogos Olímpicos do Rio-2016. "Sai pela porta na frente da Seleção, por isso apareceram essas oportunidades incríveis. Eu sou muito feliz e realizada por essa carreira que tive", disse a ex-ginasta Francielly Machado.

A convite de Morinari Watanabe, presidente da FIG (Federação Internacional de Ginástica), a brasileira Francielly Machado foi a Takasaki City no Japão e participou de reuniões nos dias 27 a 28 de setembro 2018, do Projeto de Reforma da Ginástica Rítmica. Francielly já havia participado de uma reunião na Turquia, em maio, por indicação da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica). Sua atuação levou a um novo convite, desta vez por parte da FIG.
"Está sendo uma experiência incrível poder fazer parte dessa mudança. Estou muito feliz porque está sendo importante para mim e para o Brasil. Está sendo feito um trabalho para a melhoria do esporte. Todos se preocupam com cada detalhe que possa agregar para que a Ginástica Rítmica seja ainda mais linda, mais vista e agradável ao público", afirmou a ex-atleta. 
Francielly, de 22 anos, construiu uma carreira de sucesso na Ginástica Rítmica brasileira. Ela começou a praticar a modalidade na infância por diversão e prosperou lutando muito para atingir seus objetivos. Em 2013 chegou pela primeira vez à Seleção Brasileira de Conjunto. Na primeira competição com a equipe, conquistou a medalha de bronze na Copa do Mundo, em Minsk, na apresentação com três bolas e duas fitas. O resultado se tornou um marco para a GR nacional, já que foi a primeira medalha de uma equipe latino-americana na história da competição. Francielly disputou quatro Campeonatos Mundiais e disputou os Jogos Olímpicos do Rio-2016. "Sai pela porta na frente da Seleção, por isso apareceram essas oportunidades incríveis. Eu sou muito feliz e realizada por essa carreira que tive", disse a ex-ginasta Francielly Machado.