Eleições: polícias rodoviárias reforçam segurança nas estradas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2018 às 07:09:00

 

Gabriel Damásio
As polícias rodoviári
as Estadual (BPRV) e 
Federal (PRF) começam amanhã a implementar esquemas especiais de segurança para acompanhar o movimento nas estradas sergipanas. A previsão é de que o movimento nas rodovias aumente ao longo do final de semana, pois muitas pessoas que moram ou trabalham em Aracaju viajam para votar no interior do estado ou mesmo em cidades de Alagoas ou Bahia. Todo o efetivo das companhias será empregado até a madrugada desta segunda-feira. 
O objetivo é coibir condutas criminosas e de imprudência no trânsito, que possam causar acidentes ou agravar lesões como, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou dispositivos de retenção para crianças) e embriaguez ao volante. As corporações também estarão atentas a crimes contra a Lei Eleitoral, a exemplo da realização de carreatas (caracterizadas como propaganda boca-de-urna), do transporte gratuito de eleitores aos locais de votação (o que só pode ser feito pela Justiça Eleitoral) e o transporte de dinheiro não contabilizado na prestação de contas aos tribunais eleitorais. Os flagrantes serão encaminhados às delegacias de polícia e aos juízos das zonas eleitorais de cada comarca.
A PRF intensifica a partir desta sexta-feira a fiscalização nas BRs 101 e 235, que passam pelo Estado. Bloqueios estarão montados principalmente nos postos de controle montados pelo órgão. Só este ano, ele realizou mais de 22 mil testes de alcoolemia. Desse total, 294 motoristas foram flagrados sob efeito de álcool e outros 70 foram detidos por ultrapassarem o valor permitido em lei. Desde novembro de 2016, dirigir sob influência de álcool, conforme artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por até doze meses e multa de R$ 2.934,70.
Já a BPRv também inicia seus trabalhos na sexta, mobilizando 22 soldados por dia nas estradas de maior movimentação, a exemplo das SEs 100 (Ayrton Senna), 270 (Lourival Baptista) e 206 (Rota do Sertão), e em cinco postos de atendimento instalados em Simão Dias, Indiaroba, Colônia 13 (Lagarto), Abais (Estância) e Aracaju. a unidade também atuará com uma 'Operação Divisa', que reforçará a segurança das divisas terrestres de Sergipe com a Bahia, impedindo principalmente os crimes de trânsito e a entrada de armas e drogas. A previsão do major Deny Ricardo dos Santos, comandante do BPRv, é de que o fluxo de veículos nas estradas estaduais deve aumentar em 50% ao longo deste primeiro turno das eleições. 

As polícias rodoviári as Estadual (BPRV) e  Federal (PRF) começam amanhã a implementar esquemas especiais de segurança para acompanhar o movimento nas estradas sergipanas. A previsão é de que o movimento nas rodovias aumente ao longo do final de semana, pois muitas pessoas que moram ou trabalham em Aracaju viajam para votar no interior do estado ou mesmo em cidades de Alagoas ou Bahia. Todo o efetivo das companhias será empregado até a madrugada desta segunda-feira. 
O objetivo é coibir condutas criminosas e de imprudência no trânsito, que possam causar acidentes ou agravar lesões como, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou dispositivos de retenção para crianças) e embriaguez ao volante. As corporações também estarão atentas a crimes contra a Lei Eleitoral, a exemplo da realização de carreatas (caracterizadas como propaganda boca-de-urna), do transporte gratuito de eleitores aos locais de votação (o que só pode ser feito pela Justiça Eleitoral) e o transporte de dinheiro não contabilizado na prestação de contas aos tribunais eleitorais. Os flagrantes serão encaminhados às delegacias de polícia e aos juízos das zonas eleitorais de cada comarca.
A PRF intensifica a partir desta sexta-feira a fiscalização nas BRs 101 e 235, que passam pelo Estado. Bloqueios estarão montados principalmente nos postos de controle montados pelo órgão. Só este ano, ele realizou mais de 22 mil testes de alcoolemia. Desse total, 294 motoristas foram flagrados sob efeito de álcool e outros 70 foram detidos por ultrapassarem o valor permitido em lei. Desde novembro de 2016, dirigir sob influência de álcool, conforme artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por até doze meses e multa de R$ 2.934,70.
Já a BPRv também inicia seus trabalhos na sexta, mobilizando 22 soldados por dia nas estradas de maior movimentação, a exemplo das SEs 100 (Ayrton Senna), 270 (Lourival Baptista) e 206 (Rota do Sertão), e em cinco postos de atendimento instalados em Simão Dias, Indiaroba, Colônia 13 (Lagarto), Abais (Estância) e Aracaju. a unidade também atuará com uma 'Operação Divisa', que reforçará a segurança das divisas terrestres de Sergipe com a Bahia, impedindo principalmente os crimes de trânsito e a entrada de armas e drogas. A previsão do major Deny Ricardo dos Santos, comandante do BPRv, é de que o fluxo de veículos nas estradas estaduais deve aumentar em 50% ao longo deste primeiro turno das eleições.