Adolescente acusado de assaltar ônibus é detido e depois liberado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/10/2018 às 06:52:00

 

Um adolescente de 17 anos foi apreendido ontem de manhã por policiais do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam). Ele foi acusado de ter realizado um assalto ao micro-ônibus que faz a linha Aracaju/Maruim, na manhã desta quarta-feira, na BR-101. O menor foi apontado como autor do crime a partir de imagens gravadas pelo circuito interno de TV do coletivo, no momento em que ele aborda os passageiros e toma objetos deles, segurando o que parece ser uma arma de brinquedo.
De acordo com a Polícia Militar, o rapaz foi encontrado em uma residência no Mosqueiro (zona de Expansão de Aracaju), pertencente a um comparsa. Ao ser detido, ele indicou uma outra casa no bairro Veneza (zona oeste), onde escondeu a arma falsa, uma mochila que aparece no vídeo e os pertences das vítimas. Praticamente todos os objetos das vítimas foram recuperados. 
O caso foi levado para a 1ª Delegacia De acordo com o comandante do policiamento da capital, coronel Vivaldy Cabral, o adolescente já é conhecido da polícia e investigado por outros crimes. Ele foi entregue à Justiça e, no final da tarde de ontem, segundo fontes policiais, deixou a prisão para responder ao processo em liberdade.

Um adolescente de 17 anos foi apreendido ontem de manhã por policiais do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam). Ele foi acusado de ter realizado um assalto ao micro-ônibus que faz a linha Aracaju/Maruim, na manhã desta quarta-feira, na BR-101. O menor foi apontado como autor do crime a partir de imagens gravadas pelo circuito interno de TV do coletivo, no momento em que ele aborda os passageiros e toma objetos deles, segurando o que parece ser uma arma de brinquedo.
De acordo com a Polícia Militar, o rapaz foi encontrado em uma residência no Mosqueiro (zona de Expansão de Aracaju), pertencente a um comparsa. Ao ser detido, ele indicou uma outra casa no bairro Veneza (zona oeste), onde escondeu a arma falsa, uma mochila que aparece no vídeo e os pertences das vítimas. Praticamente todos os objetos das vítimas foram recuperados. 
O caso foi levado para a 1ª Delegacia De acordo com o comandante do policiamento da capital, coronel Vivaldy Cabral, o adolescente já é conhecido da polícia e investigado por outros crimes. Ele foi entregue à Justiça e, no final da tarde de ontem, segundo fontes policiais, deixou a prisão para responder ao processo em liberdade.