Fornecimento de água na zona norte é normalizado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/10/2018 às 06:59:00

 

O fornecimento de água em parte da zona Norte de Aracaju foi gradativamente reestabelecido na tarde de ontem após centenas de famílias terem ficado sem água nas torneiras desde a tarde da última quarta-feira (03). O problema atingiu, em especial, os bairros José Conrado, e Veneza I e parte do bairro Olaria, após rompimento de tubulação na Rua Recife próximo a maternidade Hildete Falcão Batista. De acordo com a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), em decorrência da presença de linha telefônica próxima ao local danificado, o serviço demorou além do comum para ser normalizado. Finalizada a manutenção do serviço, a direção da Deso informou que a tubulação apresentava pontos de entupimento.
Paralelo à presença de profissionais da Deso, técnicos da empresa 'Oi' - responsável pela rede de fibra ótica, e representantes da Sergás, também acompanharam o serviço de reparo. De acordo com a companhia, apesar de reparado o problema, técnicos da empresa estarão monitorando a rede a fim acompanhar o fluxo do sistema, bem como minimizar os riscos de novo rompimento. Esse foi o segundo caso de rompimento de adutora registrado em menos de três dias pela Deso. Na última terça-feira, 02, moradores das cidades de Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida, São Miguel do Aleixo, Frei Paulo, Pedra Mole, Carira, Pinhão e Feira Nova, além do conjunto Cohab, Alto de Glória, hospitais e presídios da região, ficaram sem  água potável. (Milton Alves Júnior)

O fornecimento de água em parte da zona Norte de Aracaju foi gradativamente reestabelecido na tarde de ontem após centenas de famílias terem ficado sem água nas torneiras desde a tarde da última quarta-feira (03). O problema atingiu, em especial, os bairros José Conrado, e Veneza I e parte do bairro Olaria, após rompimento de tubulação na Rua Recife próximo a maternidade Hildete Falcão Batista. De acordo com a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), em decorrência da presença de linha telefônica próxima ao local danificado, o serviço demorou além do comum para ser normalizado. Finalizada a manutenção do serviço, a direção da Deso informou que a tubulação apresentava pontos de entupimento.
Paralelo à presença de profissionais da Deso, técnicos da empresa 'Oi' - responsável pela rede de fibra ótica, e representantes da Sergás, também acompanharam o serviço de reparo. De acordo com a companhia, apesar de reparado o problema, técnicos da empresa estarão monitorando a rede a fim acompanhar o fluxo do sistema, bem como minimizar os riscos de novo rompimento. Esse foi o segundo caso de rompimento de adutora registrado em menos de três dias pela Deso. Na última terça-feira, 02, moradores das cidades de Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida, São Miguel do Aleixo, Frei Paulo, Pedra Mole, Carira, Pinhão e Feira Nova, além do conjunto Cohab, Alto de Glória, hospitais e presídios da região, ficaram sem  água potável. (Milton Alves Júnior)