Anderson Daronco será o árbitro de Cruzeiro x Corinthians

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Anderson Daronco em seu centésimo jogo pelo Brasileirão Série A
Anderson Daronco em seu centésimo jogo pelo Brasileirão Série A

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/10/2018 às 06:23:00

 

A Comissão de Arbitragem da CBF realizou o sorteio para a escolha dos árbitros da Final da Copa do Brasil de 2018 nesta terça-feira (2). Anderson Daronco, de Santa Catarina, apitará o duelo entre Cruzeiro e Corinthians. que será realizado no dia 10 de outubro (quarta-feira), às 21h45, no Mineirão. Ele será auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Fabricio Vilarinho da Silva. Os três são do quadro de arbitragem da FIFA.
O quarto árbitro será Bruno Arleu de Araújo e o quinto será Rafael da Silva Alves. Além disso, também terá Cláudio Vinícius Cerdeira como analista de campo e Alício Pena Junior como Inspetor.
Completando a equipe de arbitragem para a decisão, Wilton Pereira Sampaio comanda a equipe do árbitro de vídeo. Terá ainda o apoio de Helton Nunes e Braulio da Silva Machado. A supervisão do VAR ficará por conta de Manoel Serapião, Sérgio Corrêa da Silva e Claudio Freitas. 
Os árbitros pré-selecionados são divididos em duas colunas denominadas Alfa e Beta, no recipiente com 10 esferas disponíveis: 5 ímpares e 5 pares. São escolhidos três esferas ímpares para a coluna Alfa e três esferas pares para a coluna Beta. Na sequência, serão sorteadas três esferas com descarte das duas primeiras e validação da terceira, que indicará a coluna em que os árbitros irão atuar na partida programada.
A seleção dos árbitros foi definida levando-se em considerações as fases da competição, a importância e grau de complexidade de cada partida e qualificação, o condicionamento físico e a performance dos árbitros e assistentes.

A Comissão de Arbitragem da CBF realizou o sorteio para a escolha dos árbitros da Final da Copa do Brasil de 2018 nesta terça-feira (2). Anderson Daronco, de Santa Catarina, apitará o duelo entre Cruzeiro e Corinthians. que será realizado no dia 10 de outubro (quarta-feira), às 21h45, no Mineirão. Ele será auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Fabricio Vilarinho da Silva. Os três são do quadro de arbitragem da FIFA.
O quarto árbitro será Bruno Arleu de Araújo e o quinto será Rafael da Silva Alves. Além disso, também terá Cláudio Vinícius Cerdeira como analista de campo e Alício Pena Junior como Inspetor.
Completando a equipe de arbitragem para a decisão, Wilton Pereira Sampaio comanda a equipe do árbitro de vídeo. Terá ainda o apoio de Helton Nunes e Braulio da Silva Machado. A supervisão do VAR ficará por conta de Manoel Serapião, Sérgio Corrêa da Silva e Claudio Freitas. 
Os árbitros pré-selecionados são divididos em duas colunas denominadas Alfa e Beta, no recipiente com 10 esferas disponíveis: 5 ímpares e 5 pares. São escolhidos três esferas ímpares para a coluna Alfa e três esferas pares para a coluna Beta. Na sequência, serão sorteadas três esferas com descarte das duas primeiras e validação da terceira, que indicará a coluna em que os árbitros irão atuar na partida programada.
A seleção dos árbitros foi definida levando-se em considerações as fases da competição, a importância e grau de complexidade de cada partida e qualificação, o condicionamento físico e a performance dos árbitros e assistentes.