Quase 300 mil eleitores deixaram de votar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/10/2018 às 06:54:00

O número de abstenções este ano subiu em Sergipe. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), esse número beira a casa dos 50% de todo eleitorado sergipano que compareceu às urnas no último domingo, 07. Sergipe possui 1.562.627 aptos para votar, mas 297.770 optaram por se abstiver. Com isso, o número de votos válidos neste primeiro turno foi de: 1.264.857. Entre os estados do Nordeste, Sergipe, foi o terceiro da região com o maior número de abstenção - Alagoas registrou 222,6% e Bahia 20,7%. Em 2014, o número foi de 213.706.

Para o cientista político Henrique Diniz, a falta de credibilidade por parte dos eleitores junto à classe política tem contribuído diretamente para que esse índice seja multiplicado em maior escala ao longo dos últimos pleitos. Por descrença à metodologia política/administrativa do Partido dos Trabalhadores, e por repúdio à postura ideológica do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), o especialista acredita que neste segundo turno - a ser realizado no próximo dia 28 de outubro, esse índice pode apresentar nova inflação. Diniz repudia a ausência, mas reconhece que trata-se de uma atitude democrática, legal para todos os brasileiros cadastrados no TSE.

 "Infelizmente, no meu observar, essa atitude de faltar por não acreditar em nenhum dos projetos políticos é um atentado à nossa democracia, mas que está presente nela. Infelizmente os sucessivos casos de corrupção envolvendo a grandiosa maioria dos partidos contribui para esse alto índice de abstenção. Segundo turno esse número deve aumentar devido à reprovação dos dois programas executivos ainda em disputa", avaliou.

No Brasil, o percentual de abstenção foi recorde, o mais alto desde as eleições de 1998, quando 21,5% do eleitorado não votou. O maior número de votos brancos e nulos neste primeiro turno foi para o cargo de senador. Foram anulados 539.360 votos (21,08%) e 191.720 (7,49%) deixados em branco. Para governador, foram contabilizados 228.303 votos nulos (17,84%) e 63.994 (5%) em branco.