Tite faz mudança e mistério contra Argentina

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Longe dos olhos da torcida e dos jornalistas, o treinador Tite comandou o treino da seleção em Jeddah
Longe dos olhos da torcida e dos jornalistas, o treinador Tite comandou o treino da seleção em Jeddah

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/10/2018 às 07:29:00

 

A seleção brasileira terá 
força máxima para o 
clássico desta terça-feira, às 15h (horário de Brasília), contra a Argentina, no estádio The King Abdullah Sports City. Entretanto, o técnico Tite resolveu adotar o mistério em Jeddah, na Arábia Saudita, ao fechar o treino tático que a seleção brasileira realizou antes do jogo.
Apenas os primeiros 15 minutos da atividade, período em que os jogadores fizeram aquecimento, foram abertos para os jornalistas. É certo, porém, que o treinador deverá promover várias modificações em relação ao time que venceu a Arábia Saudita por 2 a 0, na última sexta-feira, em Riad.
Por meio de nota publicada em seu site oficial, a CBF informou que este foi o treino mais longo da seleção desde que chegou ao país árabe e destacou que o comandante separou 11 jogadores de um lado do campo, onde os mesmos realizaram um "trabalho tático voltado para a movimentação com a posse de bola. Do outro lado, o restante do grupo treinava cruzamentos e finalizações, antes de seguir para fazer o mesmo exercício tático dos demais", descreveu a nota.
Em junho do ano passado, a Argentina foi a responsável pela primeira derrota de Tite sob o comando da seleção brasileira, por 1 a 0, em Melbourne, na Austrália, no único revés sofrido pela equipe nacional até a Copa do Mundo da Rússia, onde acabou sendo eliminada pela Bélgica ao ser batida por 2 a 1, nas quartas de final.
Revanche - Apesar do mistério adotado para esta "revanche" com os argentinos, que desta vez não contarão com Lionel Messi, há algumas alterações certas que ocorrerão no Brasil para este amistoso. O goleiro Ederson sairá para a volta do titular Ederson, assim como o lateral Danilo e o zagueiro Miranda ocuparão os respectivos lugares que foram ocupados por Fabinho e Pablo contra a Arábia Saudita.
Outras duas mudanças prováveis são as entradas de Filipe Luís na ala esquerda e de Roberto Firmino no ataque, o que deverá provocar as idas de Alex Sandro e Gabriel Jesus para o banco de reservas.
Outro que aparece como candidato a entrar na equipe titular é o volante Arthur. O ex-gremista que hoje defende o Barcelona teve um papo com Tite no gramado durante o treino e tem chance de ser escalado no lugar de Fred, outro que foi titular na última sexta.
O treinador também conversou com Gabriel Jesus, que desencantou ao marcar o primeiro gol da vitória sobre a Arábia Saudita após passar em branco em todas as cinco partidas que fez na Copa do Mundo.

A seleção brasileira terá  força máxima para o  clássico desta terça-feira, às 15h (horário de Brasília), contra a Argentina, no estádio The King Abdullah Sports City. Entretanto, o técnico Tite resolveu adotar o mistério em Jeddah, na Arábia Saudita, ao fechar o treino tático que a seleção brasileira realizou antes do jogo.
Apenas os primeiros 15 minutos da atividade, período em que os jogadores fizeram aquecimento, foram abertos para os jornalistas. É certo, porém, que o treinador deverá promover várias modificações em relação ao time que venceu a Arábia Saudita por 2 a 0, na última sexta-feira, em Riad.
Por meio de nota publicada em seu site oficial, a CBF informou que este foi o treino mais longo da seleção desde que chegou ao país árabe e destacou que o comandante separou 11 jogadores de um lado do campo, onde os mesmos realizaram um "trabalho tático voltado para a movimentação com a posse de bola. Do outro lado, o restante do grupo treinava cruzamentos e finalizações, antes de seguir para fazer o mesmo exercício tático dos demais", descreveu a nota.
Em junho do ano passado, a Argentina foi a responsável pela primeira derrota de Tite sob o comando da seleção brasileira, por 1 a 0, em Melbourne, na Austrália, no único revés sofrido pela equipe nacional até a Copa do Mundo da Rússia, onde acabou sendo eliminada pela Bélgica ao ser batida por 2 a 1, nas quartas de final.

Revanche - Apesar do mistério adotado para esta "revanche" com os argentinos, que desta vez não contarão com Lionel Messi, há algumas alterações certas que ocorrerão no Brasil para este amistoso. O goleiro Ederson sairá para a volta do titular Ederson, assim como o lateral Danilo e o zagueiro Miranda ocuparão os respectivos lugares que foram ocupados por Fabinho e Pablo contra a Arábia Saudita.
Outras duas mudanças prováveis são as entradas de Filipe Luís na ala esquerda e de Roberto Firmino no ataque, o que deverá provocar as idas de Alex Sandro e Gabriel Jesus para o banco de reservas.
Outro que aparece como candidato a entrar na equipe titular é o volante Arthur. O ex-gremista que hoje defende o Barcelona teve um papo com Tite no gramado durante o treino e tem chance de ser escalado no lugar de Fred, outro que foi titular na última sexta.
O treinador também conversou com Gabriel Jesus, que desencantou ao marcar o primeiro gol da vitória sobre a Arábia Saudita após passar em branco em todas as cinco partidas que fez na Copa do Mundo.