Bolsonaro tem 59% e Haddad 41%, diz Ibope

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/10/2018 às 07:48:00

 

Pesquisa Ibope para o 
segundo turno da 
eleição presidencial, divulgada na noite desta segunda-feira 15, mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 18 pontos de vantagem em relação ao candidato da frente democrática, Fernando Haddad. Bolsonaro registra 59% das intenções de voto, contra 41% do petista. Os percentuais consideram apenas os votos válidos, ou seja, exclui brancos e nulos.
Já considerado os votos totais, Bolsonaro lidera com 52%, contra 37% de Haddad. Entre os entrevistados, 9% disseram que pretendem anular ou votar em branco, e 2% não souberam responder. A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela Globo.
Sobre rejeição e convicção de voto, 41% votariam em Bolsonaro com certeza, contra 35% que não votariam de jeito nenhum. Haddad apresenta rejeição maior: 47% não o escolheriam em nenhuma hipótese, e 28% manifestam certeza em votar no petista.
O Ibope ouviu 2.506 eleitores nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

Pesquisa Ibope para o  segundo turno da  eleição presidencial, divulgada na noite desta segunda-feira 15, mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 18 pontos de vantagem em relação ao candidato da frente democrática, Fernando Haddad. Bolsonaro registra 59% das intenções de voto, contra 41% do petista. Os percentuais consideram apenas os votos válidos, ou seja, exclui brancos e nulos.
Já considerado os votos totais, Bolsonaro lidera com 52%, contra 37% de Haddad. Entre os entrevistados, 9% disseram que pretendem anular ou votar em branco, e 2% não souberam responder. A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela Globo.
Sobre rejeição e convicção de voto, 41% votariam em Bolsonaro com certeza, contra 35% que não votariam de jeito nenhum. Haddad apresenta rejeição maior: 47% não o escolheriam em nenhuma hipótese, e 28% manifestam certeza em votar no petista.
O Ibope ouviu 2.506 eleitores nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.