Saúde de Aracaju vai reabrir horário estendido para vacinar contra o sarampo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/10/2018 às 08:05:00

 

A partir de hoje a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) convoca toda população de Aracaju para receber a vacina contra o sarampo. Após a última campanha, destinada para crianças entre um e menos de cinco anos, a gestão municipal reforça a necessidade da imunização para as demais idades, que estão entre de um e 49 anos.
De acordo com a secretária da SMS, Waneska Barboza, após os casos registrados da doença, o Ministério da Saúde enviou doses extras para a capital sergipana, a fim de garantir o completo bloqueio do vírus. Diante disso, o município elaborou um Plano de Contingência que deve durar até o final de novembro deste ano.
 "Essa vacina já é ofertada rotineiramente em nossas unidades durante todo o ano, mas recebemos, inicialmente, cerca de 30 mil doses extras para que possamos garantir que o vírus não infecte mais nenhum residente da capital. Essa medida foi tomada porque um dos casos registrados ocorreu dentro do nosso território, o que acabou gerando um alerta. Porém, como realizamos todo trabalho de bloqueio a tempo, conseguimos conter o avanço do sarampo. E para que Aracaju continue livre da doença, daremos início a algumas ações durante os próximos dias", afirmou Waneska.
Entre as ações citadas pela secretária, estão os horários estendidos este mês, sempre às terças e quartas, das 17h às 20h, que voltarão a ser ofertados em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBS), assim como aconteceu durante a última campanha vacinal.
Nos dias 16 e 17 de outubro, as UBS abertas até as 20h serão Dona Sinhazinha (Grageru) e Cândida Alves (Santo Antônio). Já na semana seguinte, nos dias 23 e 24, funcionarão as UBS Geraldo Magela (Orlando Dantas) e Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos). Em 30 e 31 de outubro, será a vez das unidades Augusto Franco e Onésimo Pinto (Jardim Centenário) funcionarem com o horário estendido.
Desde o início do mês, a SMS tem acionado algumas instituições de ensino e unidades de saúde da rede particular para que haja uma uma esforço conjunto dentro do Plano de Contingência em Aracaju. "Já apresentamos nossas estratégias às instituições parceiras no movimento de intensificação vacinal contra o sarampo em Aracaju. Conversamos com representantes dos cursos técnicos e de graduação das universidades, e dos hospitais que atendem na capital para que eles nos auxiliem a aplicar as doses. Com isso, os primeiros a receberem esse reforço serão os estudantes e profissionais de Saúde, o que vai contribuir para não superlotar as salas de vacina das UBS", revelou a coordenadora de Imunização e Agravos Imunopreveníveis, Ilziney Simões.

A partir de hoje a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) convoca toda população de Aracaju para receber a vacina contra o sarampo. Após a última campanha, destinada para crianças entre um e menos de cinco anos, a gestão municipal reforça a necessidade da imunização para as demais idades, que estão entre de um e 49 anos.
De acordo com a secretária da SMS, Waneska Barboza, após os casos registrados da doença, o Ministério da Saúde enviou doses extras para a capital sergipana, a fim de garantir o completo bloqueio do vírus. Diante disso, o município elaborou um Plano de Contingência que deve durar até o final de novembro deste ano.
 "Essa vacina já é ofertada rotineiramente em nossas unidades durante todo o ano, mas recebemos, inicialmente, cerca de 30 mil doses extras para que possamos garantir que o vírus não infecte mais nenhum residente da capital. Essa medida foi tomada porque um dos casos registrados ocorreu dentro do nosso território, o que acabou gerando um alerta. Porém, como realizamos todo trabalho de bloqueio a tempo, conseguimos conter o avanço do sarampo. E para que Aracaju continue livre da doença, daremos início a algumas ações durante os próximos dias", afirmou Waneska.
Entre as ações citadas pela secretária, estão os horários estendidos este mês, sempre às terças e quartas, das 17h às 20h, que voltarão a ser ofertados em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBS), assim como aconteceu durante a última campanha vacinal.
Nos dias 16 e 17 de outubro, as UBS abertas até as 20h serão Dona Sinhazinha (Grageru) e Cândida Alves (Santo Antônio). Já na semana seguinte, nos dias 23 e 24, funcionarão as UBS Geraldo Magela (Orlando Dantas) e Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos). Em 30 e 31 de outubro, será a vez das unidades Augusto Franco e Onésimo Pinto (Jardim Centenário) funcionarem com o horário estendido.
Desde o início do mês, a SMS tem acionado algumas instituições de ensino e unidades de saúde da rede particular para que haja uma uma esforço conjunto dentro do Plano de Contingência em Aracaju. "Já apresentamos nossas estratégias às instituições parceiras no movimento de intensificação vacinal contra o sarampo em Aracaju. Conversamos com representantes dos cursos técnicos e de graduação das universidades, e dos hospitais que atendem na capital para que eles nos auxiliem a aplicar as doses. Com isso, os primeiros a receberem esse reforço serão os estudantes e profissionais de Saúde, o que vai contribuir para não superlotar as salas de vacina das UBS", revelou a coordenadora de Imunização e Agravos Imunopreveníveis, Ilziney Simões.