Huse registra 50 atendimentos de acidentes motociclísticos no fim de semana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Só no Huse, 50 pessoas deram entrada no final de semana por conta de acidentes com motos
Só no Huse, 50 pessoas deram entrada no final de semana por conta de acidentes com motos

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/10/2018 às 08:08:00

 

Somente neste final de 
semana com feriado 
prolongado em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida, no período de (12 a 14 de outubro) os atendimentos realizados no Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) continuaram dentro da sua normalidade e sem maiores intercorrências. Foram atendidos 530 pacientes, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, apenas 93 ficaram internados em observação e para realização de novos exames.
A procura pelo atendimento no Huse e o motivo de muitas vezes a demanda ser grande se dá pela resolutividade dos casos que chegam à unidade. Só para se ter uma ideia, a Sala de Sutura atendeu durante este final de semana, 160 pacientes e apenas 30 ficaram em observação. Já a Ortopedia recebeu, 108 pacientes e somente 10 ficaram internados.
Os casos mais comuns são os acidentes de trânsito que aumentaram suas estatísticas neste final de semana. Foram 50 atendimentos a vítimas de acidentes motociclísticos, 12 atendimentos de vítimas de automobilístico e 4 vítimas de atropelamento. As vítimas de arma branca e arma de fogo totalizaram 15 atendimentos e 7 internações.
De acordo com o coordenador do Pronto Socorro do Huse, Vinícius Vilela, o final de semana foi dentro da normalidade. "Os plantões foram tranquilos e atenderam a população dentro da sua classificação de risco. O fluxo foi normal, sem grandes intercorrências e com um plantão tranquilo", relatou.
Na Área Azul adulto do hospital, 191 atendimentos de baixa complexidade foram realizados. O Hospital pediátrico funciona com o protocolo de classificação de risco, adotado para melhorar a dinâmica de atendimento dos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e totalizou 33 atendimentos aos pequenos pacientes. Outras especialidades também tiveram seus plantões movimentados, como é o caso do oftalmo e otorrino que somaram 24 atendimentos. O ambulatório de Oncologia recebeu 2 pacientes.

Somente neste final de  semana com feriado  prolongado em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida, no período de (12 a 14 de outubro) os atendimentos realizados no Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) continuaram dentro da sua normalidade e sem maiores intercorrências. Foram atendidos 530 pacientes, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, apenas 93 ficaram internados em observação e para realização de novos exames.
A procura pelo atendimento no Huse e o motivo de muitas vezes a demanda ser grande se dá pela resolutividade dos casos que chegam à unidade. Só para se ter uma ideia, a Sala de Sutura atendeu durante este final de semana, 160 pacientes e apenas 30 ficaram em observação. Já a Ortopedia recebeu, 108 pacientes e somente 10 ficaram internados.
Os casos mais comuns são os acidentes de trânsito que aumentaram suas estatísticas neste final de semana. Foram 50 atendimentos a vítimas de acidentes motociclísticos, 12 atendimentos de vítimas de automobilístico e 4 vítimas de atropelamento. As vítimas de arma branca e arma de fogo totalizaram 15 atendimentos e 7 internações.
De acordo com o coordenador do Pronto Socorro do Huse, Vinícius Vilela, o final de semana foi dentro da normalidade. "Os plantões foram tranquilos e atenderam a população dentro da sua classificação de risco. O fluxo foi normal, sem grandes intercorrências e com um plantão tranquilo", relatou.
Na Área Azul adulto do hospital, 191 atendimentos de baixa complexidade foram realizados. O Hospital pediátrico funciona com o protocolo de classificação de risco, adotado para melhorar a dinâmica de atendimento dos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e totalizou 33 atendimentos aos pequenos pacientes. Outras especialidades também tiveram seus plantões movimentados, como é o caso do oftalmo e otorrino que somaram 24 atendimentos. O ambulatório de Oncologia recebeu 2 pacientes.