Brasil avança com três duplas em Las Vegas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/10/2018 às 06:29:00

 

Uma rodada de estreia perfeita para as duplas brasileiras nesta quinta-feira, na etapa quatro estrelas de Las Vegas, nos Estados Unidos, pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018/2019. Os três times do país que entraram em quadra pelo classificatório - fase preliminar que garante acesso ao torneio - conseguiram resultados positivos e avançaram. 
No último jogo do Brasil nesta quinta-feira, Tainá e Victoria superaram as gêmeas canadenses Megan e Nicole McNamara, vice-campeãs dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014. Triunfo das brasileiras por 2 sets a 0 (21/15, 21/17). A sergipana e a sul-mato-grossense são as atuais vice-campeãs do Superpraia e vivem grande fase.
Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Maria Clara/Elize Maia (RJ/ES) e Tainá/Victoria (SE/MS) superaram suas adversárias pelo classificatório e se unem a Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) e Josi/Lili (SC/ES), que já estavam garantidas pelo ranking de entradas. Agora, os times são divididos em oito grupos de quatro, com os três melhores avançando à fase eliminatória.
A mineira Ana Patrícia, que ao lado de Rebecca garantiu a vaga após vencer as sérvias Milosevic e Vojnovic por 2 sets a 0 (21/13, 21/8), comentou a boa fase do time e o desafio de enfrentar um jogo eliminatório logo na estreia em Las Vegas. A dupla foi ao pódio das duas últimas etapas, com um ouro e uma prata em eventos na China.
A competição em Las Vegas já conta pontos para a temporada 2018/2019 e é uma parceria da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) com o P1440, circuito idealizado pela norte-americana Kerri Walsh, tricampeã olímpica. Serão quatro eventos no total, mas apenas Las Vegas contará pontos para o tour internacional, atendendo ao formato de competição da FIVB.
Las Vegas é a segunda etapa quatro estrelas da atual temporada. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. Nas etapas da temporada 18/19, que começaram em setembro, o Brasil já conquistou quatro medalhas.

Uma rodada de estreia perfeita para as duplas brasileiras nesta quinta-feira, na etapa quatro estrelas de Las Vegas, nos Estados Unidos, pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018/2019. Os três times do país que entraram em quadra pelo classificatório - fase preliminar que garante acesso ao torneio - conseguiram resultados positivos e avançaram. 
No último jogo do Brasil nesta quinta-feira, Tainá e Victoria superaram as gêmeas canadenses Megan e Nicole McNamara, vice-campeãs dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014. Triunfo das brasileiras por 2 sets a 0 (21/15, 21/17). A sergipana e a sul-mato-grossense são as atuais vice-campeãs do Superpraia e vivem grande fase.
Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Maria Clara/Elize Maia (RJ/ES) e Tainá/Victoria (SE/MS) superaram suas adversárias pelo classificatório e se unem a Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) e Josi/Lili (SC/ES), que já estavam garantidas pelo ranking de entradas. Agora, os times são divididos em oito grupos de quatro, com os três melhores avançando à fase eliminatória.
A mineira Ana Patrícia, que ao lado de Rebecca garantiu a vaga após vencer as sérvias Milosevic e Vojnovic por 2 sets a 0 (21/13, 21/8), comentou a boa fase do time e o desafio de enfrentar um jogo eliminatório logo na estreia em Las Vegas. A dupla foi ao pódio das duas últimas etapas, com um ouro e uma prata em eventos na China.
A competição em Las Vegas já conta pontos para a temporada 2018/2019 e é uma parceria da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) com o P1440, circuito idealizado pela norte-americana Kerri Walsh, tricampeã olímpica. Serão quatro eventos no total, mas apenas Las Vegas contará pontos para o tour internacional, atendendo ao formato de competição da FIVB.
Las Vegas é a segunda etapa quatro estrelas da atual temporada. Desde 2017, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) classifica os torneios de uma a cinco estrelas, de acordo com a premiação e o número de pontos que oferecem. Nas etapas da temporada 18/19, que começaram em setembro, o Brasil já conquistou quatro medalhas.