Copa do Nordeste interessa à Rede Globo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/10/2018 às 06:26:00

 

Competição regional mais importante do Brasil, a Copa do Nordeste é um "produto" que gera grande audiência. Isso já ficou provado nos trabalhos de transmissão realizados pela TV Esporte Interativo. Isso despertou o interesse de algumas redes de TV abertas e fechadas. Na TV aberta os direitos de transmissão pertencem ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). 
A competição desperta também o interesse da maior rede de televisão do Brasil, a Rede Globo. Esta semana o Grupo Globo confirmou o interesse em adquirir os direitos de transmissão da Copa do Nordeste 2019. Executivos da emissora se reuniram em Fortaleza-CE, com representantes da Liga do Nordeste, entidade que administra o torneio, para tentar uma negociação.
A emissora carioca confirmou a procura de times que vão disputar a competição e ressaltou que está "avaliando possibilidades e entendendo a visão dos clubes". "Seja qual for o resultado final, o contato é valioso pois retrata o reconhecimento da nossa disposição em dialogar e construir acordos. Sempre estimulamos o debate com clubes e demais entidades, visando o desenvolvimento do Negócio Futebol", afirma Fernando Manuel Falcão, diretor de Direitos Esportivos do Grupo Globo.

Competição regional mais importante do Brasil, a Copa do Nordeste é um "produto" que gera grande audiência. Isso já ficou provado nos trabalhos de transmissão realizados pela TV Esporte Interativo. Isso despertou o interesse de algumas redes de TV abertas e fechadas. Na TV aberta os direitos de transmissão pertencem ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). 
A competição desperta também o interesse da maior rede de televisão do Brasil, a Rede Globo. Esta semana o Grupo Globo confirmou o interesse em adquirir os direitos de transmissão da Copa do Nordeste 2019. Executivos da emissora se reuniram em Fortaleza-CE, com representantes da Liga do Nordeste, entidade que administra o torneio, para tentar uma negociação.
A emissora carioca confirmou a procura de times que vão disputar a competição e ressaltou que está "avaliando possibilidades e entendendo a visão dos clubes". "Seja qual for o resultado final, o contato é valioso pois retrata o reconhecimento da nossa disposição em dialogar e construir acordos. Sempre estimulamos o debate com clubes e demais entidades, visando o desenvolvimento do Negócio Futebol", afirma Fernando Manuel Falcão, diretor de Direitos Esportivos do Grupo Globo.