Secretária da Agricultura pede prioridade na liberação de recursos para o Terminal Pesqueiro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/10/2018 às 06:57:00

 

Esta semana, a secretária de estado da Agricultura, Rose Rodrigues, fez uma jornada de visitas aos órgãos federais. Ela solicitou prioridade na descentralização de recursos pendentes de convênios que visam otimizar as ações da agricultura e pesca em Sergipe. Entre os projetos defendidos pela Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca estão a conclusão do Terminal Pesqueiro, implantação de sistemas coletivos de abastecimento de água e construção de moradias em áreas de assentamento.
"É importante que os órgão parceiros entendam a importância do Terminal Pesqueiro para nosso estado, para as milhares de famílias que vivem da pesca e do comércio de peixes e mariscos. Por esse motivo, estive pessoalmente defendendo a liberação das parcelas pendentes junto à Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (SEAP)." disse Rose Rodrigues.
Os representantes do governo federal deram notícias boas para Sergipe. Na secretaria de Aquicultura e Pesca, órgão vinculado à Secretaria-Geral da Presidência da República, Rose Rodrigues foi recebida pelo coordenador geral, Geová Prudente Farias, e sua equipe. O representante da SEAP assegurou a descentralização do montante aproximado de R$ 7 milhões ainda nesse exercício, depois de vencidos pequenos ajustes necessários.
Abastecimento de Água - Outra ótima notícia foi obtida junto ao Ministério da Integração (MI). O Coordenador Geral de Gestão de Convênios e Contratos do Ministério da Integração, Rafael Rodrigues dos Santos, confirmou a disponibilidade um milhão de reais para continuidade da parceira junto à Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) para implantação de sistema coletivo de abastecimentos de água, por meio do Programa Água para Todos.
O representante do MI assegurou também repasse de recursos pendentes de outros convênios, logo que a Seagri concluir a prestação de contas parcial desses pactos. Os investimentos visam o fortalecimento da agricultura familiar em projetos de assentamentos e implementação de processos de produção agroecológica, num total de aproximadamente R$ 2 milhões.
Já no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a secretária da Agricultura de Sergipe e sua equipe foram recebidos pelo representante da Diretoria de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, Douglas Souza de Jesus. Eles discutiram a possibilidade de celebração de novos convênios.

Esta semana, a secretária de estado da Agricultura, Rose Rodrigues, fez uma jornada de visitas aos órgãos federais. Ela solicitou prioridade na descentralização de recursos pendentes de convênios que visam otimizar as ações da agricultura e pesca em Sergipe. Entre os projetos defendidos pela Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca estão a conclusão do Terminal Pesqueiro, implantação de sistemas coletivos de abastecimento de água e construção de moradias em áreas de assentamento.
"É importante que os órgão parceiros entendam a importância do Terminal Pesqueiro para nosso estado, para as milhares de famílias que vivem da pesca e do comércio de peixes e mariscos. Por esse motivo, estive pessoalmente defendendo a liberação das parcelas pendentes junto à Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (SEAP)." disse Rose Rodrigues.
Os representantes do governo federal deram notícias boas para Sergipe. Na secretaria de Aquicultura e Pesca, órgão vinculado à Secretaria-Geral da Presidência da República, Rose Rodrigues foi recebida pelo coordenador geral, Geová Prudente Farias, e sua equipe. O representante da SEAP assegurou a descentralização do montante aproximado de R$ 7 milhões ainda nesse exercício, depois de vencidos pequenos ajustes necessários.

Abastecimento de Água - Outra ótima notícia foi obtida junto ao Ministério da Integração (MI). O Coordenador Geral de Gestão de Convênios e Contratos do Ministério da Integração, Rafael Rodrigues dos Santos, confirmou a disponibilidade um milhão de reais para continuidade da parceira junto à Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) para implantação de sistema coletivo de abastecimentos de água, por meio do Programa Água para Todos.
O representante do MI assegurou também repasse de recursos pendentes de outros convênios, logo que a Seagri concluir a prestação de contas parcial desses pactos. Os investimentos visam o fortalecimento da agricultura familiar em projetos de assentamentos e implementação de processos de produção agroecológica, num total de aproximadamente R$ 2 milhões.
Já no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a secretária da Agricultura de Sergipe e sua equipe foram recebidos pelo representante da Diretoria de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, Douglas Souza de Jesus. Eles discutiram a possibilidade de celebração de novos convênios.