A corrupção promove injustiças e impede a melhoria de vida da população", afirma Valadares Filho

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/10/2018 às 07:08:00

 

O candidato ao Governo de Sergipe, Valadares Filho (PSB) reafirmou que uma das prioridades da sua administração será o combate à corrupção. Ao lado do delegado Alessandro Vieira, eleito senador, e da delegada Danielle Garcia, exonerada do cargo de coordenadora da DEOTAP, Valadares disse que promoverá mudanças radicais na forma de gerenciar os recursos públicos do Estado, extirpando qualquer mecanismo que desvie o dinheiro que é da população de Sergipe.
Para ele, o grande mal da corrupção é fazer com que Sergipe não tenha capacidade financeira de investimento e até mesmo de custeio. "Quando os recursos públicos são aplicados corretamente, sobra dinheiro para educação, saúde, segurança pública, infraestrutura e políticas sociais. A corrupção destrói sonhos e projetos, promove injustiças e impede a melhoria de vida da população", lamenta.  
Para isso, Valadares Filho disse que formará uma equipe com técnicos, que farão uma completa auditoria nas contas do Estado, com transparência e apoio de órgãos de controle, a exemplo do Tribunal de Contas do Estado. "Aliás, quem não se lembra a declaração do então presidente do TCE, conselheiro Clóvis Barbosa, que na sua solenidade de posse, ofereceu uma auditoria do Tribunal nas contas do Estado? E o que fez o governador Jackson Barreto? Nada! Correu, desconsiderou a ajuda do então presidente do TCE. Essa é a marca desse Governo que foge de qualquer sinal de fiscalização", critica o candidato.

O candidato ao Governo de Sergipe, Valadares Filho (PSB) reafirmou que uma das prioridades da sua administração será o combate à corrupção. Ao lado do delegado Alessandro Vieira, eleito senador, e da delegada Danielle Garcia, exonerada do cargo de coordenadora da DEOTAP, Valadares disse que promoverá mudanças radicais na forma de gerenciar os recursos públicos do Estado, extirpando qualquer mecanismo que desvie o dinheiro que é da população de Sergipe.
Para ele, o grande mal da corrupção é fazer com que Sergipe não tenha capacidade financeira de investimento e até mesmo de custeio. "Quando os recursos públicos são aplicados corretamente, sobra dinheiro para educação, saúde, segurança pública, infraestrutura e políticas sociais. A corrupção destrói sonhos e projetos, promove injustiças e impede a melhoria de vida da população", lamenta.  
Para isso, Valadares Filho disse que formará uma equipe com técnicos, que farão uma completa auditoria nas contas do Estado, com transparência e apoio de órgãos de controle, a exemplo do Tribunal de Contas do Estado. "Aliás, quem não se lembra a declaração do então presidente do TCE, conselheiro Clóvis Barbosa, que na sua solenidade de posse, ofereceu uma auditoria do Tribunal nas contas do Estado? E o que fez o governador Jackson Barreto? Nada! Correu, desconsiderou a ajuda do então presidente do TCE. Essa é a marca desse Governo que foge de qualquer sinal de fiscalização", critica o candidato.