Maria Mendonça anuncia neutralidade no segundo turno

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A deputada Maria Mendonça entrevista a emissora de rádio
A deputada Maria Mendonça entrevista a emissora de rádio

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/10/2018 às 12:13:00

 

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) anunciou ontem que se manterá neutra neste segundo turno.  "Não quero estar envolvida com campanha. Estou muito cansada e preciso descansar", disse, ao declarar que o seu eleitorado ficará livre para fazer a escolha que desejar de forma independente. "Votarei como cidadã", afirmou.
Com isso, Maria põe por terra as especulações de que apoiaria a candidatura à reeleição do governador Belivaldo Chagas (PSD). Ela contou que a convite do deputado federal Laércio Oliveira, apenas, participou de um ato promovido pelo parlamentar em apoio ao gestor. "Sou amiga de Belivaldo, assim como sou amiga de Valadares Filho. Ele foi meu líder na Assembleia Legislativa e, aliás, um grande líder, que nos respeitava, que nos considerava, que nos ouvia, um líder que sempre respeitou os liderados", reconheceu.
De acordo com ela, apesar desse seu reconhecimento, o fato de ter ido ao evento de Laércio não significa que tenha definido apoio ao governador. "Laércio Oliveira é um homem íntegro, de caráter, de palavra e que muito orgulha Sergipe com as suas atitudes. Laércio cancelou compromisso de campanha para atender a um convite nosso. Cancelou e foi nos prestigiar, diferentemente de quem eu estava apoiando", disse, acrescentando que um convite dele é para ser cumprido. "Fui lá, qual o problema?  Fui convidada para o dispositivo e fiquei lá, qual o problema? Sou livre"! 
  
Sem acordo - A deputada, também, voltou a ratificar a sua indisposição de ser aliada do deputado estadual Luciano Bispo, presidente da Assembleia Legislativa, com quem dividiu espaço no evento promovido por Laércio. "Por estarmos num mesmo espaço, eu fiz acordo? Nunca! Jamais farei! Somos adversários e continuaremos em campos opostos", garantiu Maria, ao adiantar que Luciano Bispo continua sendo adversário histórico dos Teles de Mendonça.

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) anunciou ontem que se manterá neutra neste segundo turno.  "Não quero estar envolvida com campanha. Estou muito cansada e preciso descansar", disse, ao declarar que o seu eleitorado ficará livre para fazer a escolha que desejar de forma independente. "Votarei como cidadã", afirmou.
Com isso, Maria põe por terra as especulações de que apoiaria a candidatura à reeleição do governador Belivaldo Chagas (PSD). Ela contou que a convite do deputado federal Laércio Oliveira, apenas, participou de um ato promovido pelo parlamentar em apoio ao gestor. "Sou amiga de Belivaldo, assim como sou amiga de Valadares Filho. Ele foi meu líder na Assembleia Legislativa e, aliás, um grande líder, que nos respeitava, que nos considerava, que nos ouvia, um líder que sempre respeitou os liderados", reconheceu.
De acordo com ela, apesar desse seu reconhecimento, o fato de ter ido ao evento de Laércio não significa que tenha definido apoio ao governador. "Laércio Oliveira é um homem íntegro, de caráter, de palavra e que muito orgulha Sergipe com as suas atitudes. Laércio cancelou compromisso de campanha para atender a um convite nosso. Cancelou e foi nos prestigiar, diferentemente de quem eu estava apoiando", disse, acrescentando que um convite dele é para ser cumprido. "Fui lá, qual o problema?  Fui convidada para o dispositivo e fiquei lá, qual o problema? Sou livre"!   
Sem acordo - A deputada, também, voltou a ratificar a sua indisposição de ser aliada do deputado estadual Luciano Bispo, presidente da Assembleia Legislativa, com quem dividiu espaço no evento promovido por Laércio. "Por estarmos num mesmo espaço, eu fiz acordo? Nunca! Jamais farei! Somos adversários e continuaremos em campos opostos", garantiu Maria, ao adiantar que Luciano Bispo continua sendo adversário histórico dos Teles de Mendonça.