NAT encaminha jovens do interior para seleções de emprego na capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Candidatos do interior conseguem empregos na capital e outros Estados
Candidatos do interior conseguem empregos na capital e outros Estados

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/10/2018 às 06:29:00

 

No último dia 23, jo-
vens de 18 a 25 anos 
dos municípios de Malhador e Riachuelo participaram de uma seleção de emprego para a rede de restaurantes Madero. As vagas foram intermediadas pelo Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh), e representantes da empresa passaram por diversos municípios sergipanos fazendo entrevistas e selecionando candidatos.
A empresa paranaense tem restaurantes em todo o país, está em processo de expansão e inaugurou novas lojas na região Nordeste, inclusive em um centro de compras da capital. Para compor seu quadro de funcionários, a empresa adota a política de contratar jovens vindos de cidades do interior e de outras regiões. Segundo a psicóloga e recrutadora do grupo no Nordeste, Alessandra Kopczynski, essa política faz referência à história do fundador da empresa que veio de uma cidade do interior paranaense.
 "Até o momento, já temos em torno de 100 sergipanos trabalhando em nossos restaurantes por todo o país. Buscamos esses jovens no interior para dar oportunidade de trabalho para quem quer ir para a capital aprender uma profissão, mas não tem condições. Então nós fornecemos moradia e alimentação", detalha Alessandra. Ela já entrevistou candidatos dos municípios de Boquim, Malhador e Riachuelo. Nesta quarta e quinta-feira, a seleção acontece em Simão Dias e Itaporanga, respectivamente.
A rede de restaurantes procurou o NAT para encontrar os jovens com o perfil procurado e coube à coordenadora Estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, articular com os municípios para trazer e preparar os jovens interessados nas vagas. "Já tivemos excelentes resultados já nas primeiras entrevistas que fizemos e muitos desses jovens já foram recrutados para o treinamento da empresa", observou. 
Segundo o levantamento do NAT, durante o mês de agosto, cerca de 155 candidatos foram recrutados em oito cidades. Já em setembro, o número chega a 117 candidatos, entre os municípios de Boquim, Simão Dias, Aracaju,  Itaporanga D'Ajuda, Nossa Senhora de Lourdes, Aquidabã e Malhador. No mês de outubro, até o momento, foram admitidas 67 pessoas, e outros aguaram o resultado das seleções que estão em andamento.
O presidente da Associação Central Jovem de Malhador, José Leondes de Menezes, também mobilizou os jovens do município [sede e povoados] para o recrutamento, e lembrou que a parceria com NAT tem rendido bons resultados para a população. "Já conseguimos encaminhar 120 pessoas para seleções de emprego por meio do NAT. Essa foi a segunda seleção da Madero em Malhador, da primeira vez, 20 pessoas foram selecionadas e esperamos aumentar esse número", finalizou.

No último dia 23, jo- vens de 18 a 25 anos  dos municípios de Malhador e Riachuelo participaram de uma seleção de emprego para a rede de restaurantes Madero. As vagas foram intermediadas pelo Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh), e representantes da empresa passaram por diversos municípios sergipanos fazendo entrevistas e selecionando candidatos.
A empresa paranaense tem restaurantes em todo o país, está em processo de expansão e inaugurou novas lojas na região Nordeste, inclusive em um centro de compras da capital. Para compor seu quadro de funcionários, a empresa adota a política de contratar jovens vindos de cidades do interior e de outras regiões. Segundo a psicóloga e recrutadora do grupo no Nordeste, Alessandra Kopczynski, essa política faz referência à história do fundador da empresa que veio de uma cidade do interior paranaense.
 "Até o momento, já temos em torno de 100 sergipanos trabalhando em nossos restaurantes por todo o país. Buscamos esses jovens no interior para dar oportunidade de trabalho para quem quer ir para a capital aprender uma profissão, mas não tem condições. Então nós fornecemos moradia e alimentação", detalha Alessandra. Ela já entrevistou candidatos dos municípios de Boquim, Malhador e Riachuelo. Nesta quarta e quinta-feira, a seleção acontece em Simão Dias e Itaporanga, respectivamente.
A rede de restaurantes procurou o NAT para encontrar os jovens com o perfil procurado e coube à coordenadora Estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, articular com os municípios para trazer e preparar os jovens interessados nas vagas. "Já tivemos excelentes resultados já nas primeiras entrevistas que fizemos e muitos desses jovens já foram recrutados para o treinamento da empresa", observou. 
Segundo o levantamento do NAT, durante o mês de agosto, cerca de 155 candidatos foram recrutados em oito cidades. Já em setembro, o número chega a 117 candidatos, entre os municípios de Boquim, Simão Dias, Aracaju,  Itaporanga D'Ajuda, Nossa Senhora de Lourdes, Aquidabã e Malhador. No mês de outubro, até o momento, foram admitidas 67 pessoas, e outros aguaram o resultado das seleções que estão em andamento.
O presidente da Associação Central Jovem de Malhador, José Leondes de Menezes, também mobilizou os jovens do município [sede e povoados] para o recrutamento, e lembrou que a parceria com NAT tem rendido bons resultados para a população. "Já conseguimos encaminhar 120 pessoas para seleções de emprego por meio do NAT. Essa foi a segunda seleção da Madero em Malhador, da primeira vez, 20 pessoas foram selecionadas e esperamos aumentar esse número", finalizou.