Após acidente, polícia prende quatro suspeitos e acha duas armas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Armas e objetos apreendidos no veículo que capotou
Armas e objetos apreendidos no veículo que capotou

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/10/2018 às 06:33:00

 

Gabriel Damásio
Uma perseguição de policiais militares a um carro com três suspeitos terminou em um acidente de trânsito, a prisão de um homem que foi baleado e a apreensão de duas armas roubadas. O incidente ocorreu no começo da madrugada de ontem, em uma rua do bairro José Conrado de Araújo (zona oeste). Segundo informações da Polícia Militar, equipes do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) faziam rondas na região do Conjunto Agamenon Magalhães e faziam buscas por um carro que tinha sido roubado na região instantes atrás.
Os militares que estavam no local o som de tiros e logo descobriram que um homem tentava fugir de três pessoas que estavam em um GM Ônix de cor preta, os quais tentavam matá-lo. O perseguido correu na direção dos policiais, que tentaram abordar o trio que estava no carro. O veículo deu meia-volta e começou uma segunda perseguição, seguida de uma troca de tiros, que se estendeu da Rua Gean Carlos dos Santos até o trecho entre a ruas Barra dos Coqueiros e Mato Grosso, local onde um dos suspeitos perdeu o controle do veículo e bateu em uma barra de ferro. Os três ainda tentaram fugir a pé, mas acabaram detidos. 
Os autores da tentativa de homicídio são um casal de adultos e um adolescente de 17 anos, que estavam com duas pistolas. A primeira, de calibre 380, pertence à Polícia Civil de Alagoas e, segundo as primeiras informações, teria sido roubada de um delegado daquele estado. A outra arma, de calibre .40 e identificada como pertencente à PM sergipana, foi furtada de um soldado que teve a casa arrombada em janeiro deste ano, na zona de expansão da capital. A PM informou que um procedimento foi instaurado pela Polícia Civil para providenciar a devolução das armas aos policiais, bem como investigar como os suspeitos tiveram acesso a elas. O homem perseguido não se feriu, mas também foi preso porque estava com uma terceira pistola. O caso foi registrado na Delegacia Plantonista Norte.

Uma perseguição de policiais militares a um carro com três suspeitos terminou em um acidente de trânsito, a prisão de um homem que foi baleado e a apreensão de duas armas roubadas. O incidente ocorreu no começo da madrugada de ontem, em uma rua do bairro José Conrado de Araújo (zona oeste). Segundo informações da Polícia Militar, equipes do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) faziam rondas na região do Conjunto Agamenon Magalhães e faziam buscas por um carro que tinha sido roubado na região instantes atrás.
Os militares que estavam no local o som de tiros e logo descobriram que um homem tentava fugir de três pessoas que estavam em um GM Ônix de cor preta, os quais tentavam matá-lo. O perseguido correu na direção dos policiais, que tentaram abordar o trio que estava no carro. O veículo deu meia-volta e começou uma segunda perseguição, seguida de uma troca de tiros, que se estendeu da Rua Gean Carlos dos Santos até o trecho entre a ruas Barra dos Coqueiros e Mato Grosso, local onde um dos suspeitos perdeu o controle do veículo e bateu em uma barra de ferro. Os três ainda tentaram fugir a pé, mas acabaram detidos. 
Os autores da tentativa de homicídio são um casal de adultos e um adolescente de 17 anos, que estavam com duas pistolas. A primeira, de calibre 380, pertence à Polícia Civil de Alagoas e, segundo as primeiras informações, teria sido roubada de um delegado daquele estado. A outra arma, de calibre .40 e identificada como pertencente à PM sergipana, foi furtada de um soldado que teve a casa arrombada em janeiro deste ano, na zona de expansão da capital. A PM informou que um procedimento foi instaurado pela Polícia Civil para providenciar a devolução das armas aos policiais, bem como investigar como os suspeitos tiveram acesso a elas. O homem perseguido não se feriu, mas também foi preso porque estava com uma terceira pistola. O caso foi registrado na Delegacia Plantonista Norte.