Brasil conquista medalhas no Sul-Americano de GA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/10/2018 às 06:19:00

 

O Brasil terminou com saldo extremamente positivo sua participação no Campeonato Sul-Americano Age Group, encerrado no último domingo (22) em Lima, no Peru. Ao final da competição, os ginastas brasileiros conquistaram 24 medalhas. Participaram atletas da categoria júnior e infantis (11 a 12 anos, somente feminino), entre os dias 16 e 21.
Metade das medalhas brasileiras na competição foram de ouro. Além de conquistar as três disputas por equipe (júnior feminino, júnior masculino e infantil), o Brasil somou ainda nove ouros individuais. Destaque para Luísa Maia, com dois ouros no individual geral e no salto, pela categoria infantil. Na categoria júnior, Ana Luiza Lima levou três medalhas neste Sul-Americano: um ouro (individual geral), uma prata (solo) e um bronze (salto).
O resultado deste Sul-Americano servirá de base para as próximas convocações pelas comissões técnicas da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica e como preparação ao próximo Campeonato Mundial juvenil, no ano que vem.
"Todos os atletas envolvidos representaram muito bem o Brasil e tiveram êxitos em todas as categorias. Tanto o feminino quanto o masculino superaram as expectativas e apresentaram uma ginástica de alto nível e grande qualidade técnica. Nosso trabalho com as categorias de base vem crescendo e evoluindo a cada ciclo, nos assegurando uma longevidade e uma contínua representatividade internacional para os próximos ciclos", afirmou Pietro Leddomado, chefe da delegação brasileira e um dos treinadores da equipe júnior masculina.

O Brasil terminou com saldo extremamente positivo sua participação no Campeonato Sul-Americano Age Group, encerrado no último domingo (22) em Lima, no Peru. Ao final da competição, os ginastas brasileiros conquistaram 24 medalhas. Participaram atletas da categoria júnior e infantis (11 a 12 anos, somente feminino), entre os dias 16 e 21.
Metade das medalhas brasileiras na competição foram de ouro. Além de conquistar as três disputas por equipe (júnior feminino, júnior masculino e infantil), o Brasil somou ainda nove ouros individuais. Destaque para Luísa Maia, com dois ouros no individual geral e no salto, pela categoria infantil. Na categoria júnior, Ana Luiza Lima levou três medalhas neste Sul-Americano: um ouro (individual geral), uma prata (solo) e um bronze (salto).
O resultado deste Sul-Americano servirá de base para as próximas convocações pelas comissões técnicas da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica e como preparação ao próximo Campeonato Mundial juvenil, no ano que vem.
"Todos os atletas envolvidos representaram muito bem o Brasil e tiveram êxitos em todas as categorias. Tanto o feminino quanto o masculino superaram as expectativas e apresentaram uma ginástica de alto nível e grande qualidade técnica. Nosso trabalho com as categorias de base vem crescendo e evoluindo a cada ciclo, nos assegurando uma longevidade e uma contínua representatividade internacional para os próximos ciclos", afirmou Pietro Leddomado, chefe da delegação brasileira e um dos treinadores da equipe júnior masculina.