Terceiro turno no Huse garante tratamento a pacientes oncológicos do Cirurgia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O terceiro garantiu a retomada do tratamento de antigos pacientes do Cirurgia
O terceiro garantiu a retomada do tratamento de antigos pacientes do Cirurgia

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/10/2018 às 06:53:00

 

Garantir a continuidade do tratamento oncológico e o respeito à vida dos usuários do Sistema único de Saúde (SUS).  Essa foi a ação do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, ao abrir um terceiro turno na radioterapia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) a fim de absorver os pacientes oncológicos que são assistidos pelo Hospital Cirurgia (HC) e que estavam com o seu equipamento de acelerador linear quebrado. O terceiro turno ocorre das 19 às 23 horas e está absorvendo 48 pacientes que estavam com o tratamento paralisado.
De acordo com informações da gerente da Radioterapia do Huse, Soraya Bezerra, os pacientes já estão sendo atendidos paulatinamente e com sucesso. "O terceiro turno é exatamente para dar continuidade ao tratamento desses pacientes e evitar que a doença se agrave. A equipe do Hospital Cirurgia foi cedida temporariamente para atender esses pacientes no Huse. É muito bom ver a preocupação da gestão em solucionar essa questão e tratar esses pacientes. A parada no tratamento é uma descontinuidade e quando isso acontece o risco de metástase é maior. Então, a gente absorveu o mais rápido possível para não haver o distanciamento do tratamento", explicou.
Esta não é a primeira fez que o governo do Estado adota esta medida. No ano passado, o Centro de Oncologia do Huse abriu um terceiro turno para atender dezenas de pacientes assistidos pelo HC, que atravessava um momento difícil com a quebra do equipamento e a dificuldade de encontrar peças de reposição para a máquina.

Garantir a continuidade do tratamento oncológico e o respeito à vida dos usuários do Sistema único de Saúde (SUS).  Essa foi a ação do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, ao abrir um terceiro turno na radioterapia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) a fim de absorver os pacientes oncológicos que são assistidos pelo Hospital Cirurgia (HC) e que estavam com o seu equipamento de acelerador linear quebrado. O terceiro turno ocorre das 19 às 23 horas e está absorvendo 48 pacientes que estavam com o tratamento paralisado.
De acordo com informações da gerente da Radioterapia do Huse, Soraya Bezerra, os pacientes já estão sendo atendidos paulatinamente e com sucesso. "O terceiro turno é exatamente para dar continuidade ao tratamento desses pacientes e evitar que a doença se agrave. A equipe do Hospital Cirurgia foi cedida temporariamente para atender esses pacientes no Huse. É muito bom ver a preocupação da gestão em solucionar essa questão e tratar esses pacientes. A parada no tratamento é uma descontinuidade e quando isso acontece o risco de metástase é maior. Então, a gente absorveu o mais rápido possível para não haver o distanciamento do tratamento", explicou.
Esta não é a primeira fez que o governo do Estado adota esta medida. No ano passado, o Centro de Oncologia do Huse abriu um terceiro turno para atender dezenas de pacientes assistidos pelo HC, que atravessava um momento difícil com a quebra do equipamento e a dificuldade de encontrar peças de reposição para a máquina.