SSP procura motorista que matou ciclista na orla

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A SSP analisa imagens para identificar motorista que atropelou ciclista na orla
A SSP analisa imagens para identificar motorista que atropelou ciclista na orla

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/10/2018 às 07:01:00

 

Milton Alves Júnior
A Polícia Civil do Estado de Sergipe, através da Delegacia de Delitos de Trânsito, informou que já começou a ouvir testemunhas e capturar imagens de câmeras de monitoramento instalada em toda a Orla de Atalaia de Aracaju na perspectiva de identificar o condutor do veículo tipo pick-up de cor branca que tirou a vida de Fabrício Souza Silva, 13 anos. Morador do conjunto Nova Liberdade II, na tarde da última quinta-feira, 25, a vítima seguia de volta para casa quando foi atingido pelo motorista na Orla da Atalaia, zona sul de Aracaju. Ontem pela manhã, durante o sepultamento da criança, familiares imploraram por justiça.
Para Fábio Souza da Silva, pai da criança, toda a comunidade tem compreendido a dor da família e intensificando a luta por justiça. Impactado com a perda precoce do filho, Fábio enaltece a necessidade de todos sergipanos, em especial os órgãos de segurança, permanecerem mobilizados na esperança de identificar o responsável pelo homicídio automotivo, e fazê-lo pagar pelo crime cometido. No decorrer do velório amigos e familiares defendiam a prisão imediata do condutor. "Assim que o responsável pela morte do meu filho for identificado, queremos que ele seja preso e responda pelo amor que nos tirou", disse o pai.
Já Rosicleide Silva, mãe da vítima, destacou que, além de atingir o seu filho, o motorista fugiu sem prestar assistência. Ela alegou ainda que Fabrício Souza, apesar da pouca idade, costumava percorrer o percurso junto aos amigos da comunidade e conduzir a bicicleta com prudência. "Eu sempre deixei claro que ele precisava ter cuidados, e ele sempre teve. Nunca sofreu um acidente e os próprios amiguinhos que testemunharam o acidente disseram que o motorista estava errado, andando rápido e ainda fugiu sem prestar assistência. Meu filho infelizmente não volta, mas vamos continuar pedindo justiça para que outras pessoas não sofram a mesma perda", declarou.
Investigação - De acordo com a delegada Daniela Lima, responsável por conduzir as investigações, imagens de câmeras mostram a fuga do automóvel, e que peritos da Polícia Criminalista seguem estudando o caso a fim de identificar, por exemplo, a velocidade em que o automóvel atingia no momento da colisão. "Os profissionais da Polícia Civil estão mobilizados nas investigações com a perspectiva de identificar o responsável pelo fato lamentável. Com base nessas imagens e no resultado da perícia serão adotadas as demais providências. Esperamos que, caso alguém possua informações sobre o suspeito, que entrem em contato com o disque denúncia 181 e nos ajude nas investigações", afirmou.

A Polícia Civil do Estado de Sergipe, através da Delegacia de Delitos de Trânsito, informou que já começou a ouvir testemunhas e capturar imagens de câmeras de monitoramento instalada em toda a Orla de Atalaia de Aracaju na perspectiva de identificar o condutor do veículo tipo pick-up de cor branca que tirou a vida de Fabrício Souza Silva, 13 anos. Morador do conjunto Nova Liberdade II, na tarde da última quinta-feira, 25, a vítima seguia de volta para casa quando foi atingido pelo motorista na Orla da Atalaia, zona sul de Aracaju. Ontem pela manhã, durante o sepultamento da criança, familiares imploraram por justiça.
Para Fábio Souza da Silva, pai da criança, toda a comunidade tem compreendido a dor da família e intensificando a luta por justiça. Impactado com a perda precoce do filho, Fábio enaltece a necessidade de todos sergipanos, em especial os órgãos de segurança, permanecerem mobilizados na esperança de identificar o responsável pelo homicídio automotivo, e fazê-lo pagar pelo crime cometido. No decorrer do velório amigos e familiares defendiam a prisão imediata do condutor. "Assim que o responsável pela morte do meu filho for identificado, queremos que ele seja preso e responda pelo amor que nos tirou", disse o pai.
Já Rosicleide Silva, mãe da vítima, destacou que, além de atingir o seu filho, o motorista fugiu sem prestar assistência. Ela alegou ainda que Fabrício Souza, apesar da pouca idade, costumava percorrer o percurso junto aos amigos da comunidade e conduzir a bicicleta com prudência. "Eu sempre deixei claro que ele precisava ter cuidados, e ele sempre teve. Nunca sofreu um acidente e os próprios amiguinhos que testemunharam o acidente disseram que o motorista estava errado, andando rápido e ainda fugiu sem prestar assistência. Meu filho infelizmente não volta, mas vamos continuar pedindo justiça para que outras pessoas não sofram a mesma perda", declarou.

Investigação - De acordo com a delegada Daniela Lima, responsável por conduzir as investigações, imagens de câmeras mostram a fuga do automóvel, e que peritos da Polícia Criminalista seguem estudando o caso a fim de identificar, por exemplo, a velocidade em que o automóvel atingia no momento da colisão. "Os profissionais da Polícia Civil estão mobilizados nas investigações com a perspectiva de identificar o responsável pelo fato lamentável. Com base nessas imagens e no resultado da perícia serão adotadas as demais providências. Esperamos que, caso alguém possua informações sobre o suspeito, que entrem em contato com o disque denúncia 181 e nos ajude nas investigações", afirmou.